Demanda pela versão topo de linha fez a marca trocar a ordem, passando a variante de motor único para 2022

Quando a Tesla abriu a pré-venda da Cybertruck, a fabricante disse que a picape começaria a ser produzida no final de 2021 nas versões de motor único e duplo, enquanto a topo de linha com três unidades elétricas só seria feita no final de 2022. Porém, o site de pré-venda agora diz que a versão com apenas um motor ficou para 2022, enquanto as outras duas serão feitas em 2021.

O motivo para a mudança no cronograma de produção e lançamento tem um motivo bem claro. Dias após a Tesla abrir a pré-venda com um sinal de US$ 100, Elon Musk publicou no Twitter que 41% dos 146 mil pedidos da Cybertruck até aquele momento eram da variante com três motores. Em segundo lugar vinha a versão de dois motores, com 42% de participação, enquanto a variante com um único motor foi escolhida por apenas 17% dos clientes.

Essa participação mostra que o público não gostou muito da ideia da versão com apenas um motor. Dias depois, Musk revelou que a empresa já recebeu 250 mil pedidos, o que ajudou a fazer a Tesla mudar de ideia sobre o cronograma e entregar primeiro as versões mais procuradas. Além disso, tem a parte financeira, já que elas custam US$ 10 mil e US$ 30 mil mais do que a versão básica, que parte de US$ 39.900.

Galeria: Tesla Cybertruck Pickup

A Tesla já teve problemas para cumprir prazos de entrega antes e, como ainda faltam dois anos para o início da produção da Cybertruck, muito pode acontecer até lá. Há muitas coisas para resolver, como ajustar a picape para que cumpra a legislação nos EUA, o que pode atrasar um pouco os planos da marca.