Variante será baseada na reestilização do SUV-cupê, esperada para 2020

A BMW ainda tem que revelar o X2 na versão híbrida plug-in, que já foi vista em testes. Ainda assim, a fabricante alemã está dando outro passo na eletrificação do SUV-cupê, retirando o motor a combustão do carro. Fotografado no inverno da Suécia, o protótipo roda disfarçado de X2 xDrive 25e híbrido, mas não se engane, este é o futuro iX2.

Galeria: BMW X2 Electric - Flagra

O que denuncia que este é o BMW iX2 elétrico é que os adesivos dizendo "Veículo Híbrido de Teste" foi substituído por "Veículo Elétrico de Teste", posicionado nas portas dianteiras e na traseira, entre os logos da versão. A BMW até deixou a saída de escape na traseira, para despistar um pouco, só que nossos espiões disseram que não está ligada a nada.

Também notamos que o modelo de testes manteve as duas tampas de combustível do X2 xDrive25e, mas a entrada perto da roda dianteira deve ser removida do modelo de produção, já que o iX3 terá o conector de recarga posicionado na parte traseira. A frente do carro ainda tenta enganar um pouco na parte visual, usando adesivos que imitam faróis de neblina redondos, só que o modelo de produção deve integrar essas luzes aos faróis, como vimos no protótipo do híbrido. Perder os faróis redondos do para-choque dará um visual mais limpo ao iX2.

Ainda não há informações sobre a motorização. Esperamos que o iX2 adote a nova geração de sistema elétrico da BMW, feito especialmente para os EVs e que fará sua estreia no iX3, antes de ser usado pelo i4 e o iNext.

A lógica nos diz que a BMW irá vender o X2 elétrico com o nome de iX2, já que a fabricante criou a submarca BMW i e o futuro iX3 já teve sua batismo confirmado. A empresa até registrou os nomes de iX1 até iX9. O futuro SUV elétrico alemão será baseado no X2 reestilizado, que deve ser revelado em 2020 junto com a esperava versão híbrida plug-in.