Nova geração, agora 100% elétrica, será lançada no Salão de Genebra do ano que vem

Um dos lançamentos mais aguardados da Fiat em 2020, a nova geração do 500 parece estar com desenvolvimento bastante adiantado. Prova disso são as imagens deste flagra que revelam protótipos rodando em fase final de testes poucas semanas depois de ter sido iniciada a montagem de unidades pré-série. O exemplar das fotos ainda não usa a carroceria reformulada, mas a plataforma em questão é totalmente nova e pensada especialmente para eletrificação. Detalhes sobre o conjunto mecânico ainda são limitados, mas tudo indica irá além dos atuais 112 cv de potência e 135 km de autonomia. Se desvencilhar da imagem de fracasso do 500e atual parece ser uma das principais preocupações da Fiat.

Galeria: Flagra: Fiat 500e (elétrico)

A ideia é elevar ao máximo possível a escala de produção para viabilizar o projeto do ponto de vista comercial e não amargar prejuízos como acontece hoje. Nesse sentido, o próximo 500 não oferecerá nenhuma variante movida a combustão e passará a ter um perfil comercial ainda mais refinado. "Um novo 500, totalmente renovado. Um novo carro totalmente elétrico. É uma espécie de Tesla urbano, com um estilo bonito, italiano. Haverá uma nova plataforma, projetada especificamente para eletrificação. Isso tornará o carro radicalmente diferente. Ainda será um 500, com proporções iguais, mas não é o mesmo carro. Será o 500 do futuro", disse no início do ano um porta-voz da Fiat.

Como dito, a expectativa é se desvincular ao máximo da fama da versão elétrica atual, que rende sérias perdas para a empresa. Segundo estimativas, a Fiat perde cerca de US$ 14 mil em cada unidade vendida. O prejuízo é tamanho que, quando vivo, o então CEO Sergio Marchionne chegou a apelar junto aos consumidores para que não comprassem o modelo. "Se você está pensando em comprar um 500e, espero que você não o faça, porque cada vez que nós vendermos um perderemos US$ 14 mil", disse à época.

Fiat 500 EV 2020 - Projeção
Fiat 500 EV 2020 - Projeção

Fiat 500 atual continuará em produção

Apesar de a nova geração evoluir em refinamento e dimensões, além de se tornar totalmente elétrica, o 500 atual não deixará de existir. Ao que tudo indica, o modelo antigo receberá um sistema híbrido-leve de 48 volts e continuará sendo oferecido em vários mercados. Já o novo será posicionado num patamar acima.

Fonte: Automedia