Primo e rival do Porsche Taycan será revelado ao público em novembro

Na sequencia dos eletrificados E-Tron e E-Tron Sportback, a próxima estreia da família será o E-Tron GT, uma mistura de cupê e sedã esportivo que será revelado em sua versão de produção até o fim deste ano. E antes de aparecer no traje definitivo, a nova aposta da Audi foi capturada pelos espiões de plantão que nos enviaram vídeos dos testes do Audi E-Tron GT na Suécia.

Pelo menos um dos protótipos apresentados aqui é idêntico ao carro que vimos no início de março, mas o vídeo cristalino do E-Tron GT em movimento nos dá uma nova perspectiva sobre o concorrente direto do "primo" Porsche Taycan.

Aos nossos olhos, ainda se parece muito com o carro-conceito revelado em 2018. Os retrovisores não são mais especificação showcar e as maçanetas padrão. Caso contrário, as linhas do carroceria e os detalhes que podemos ver parecem muito próximos do conceito, e isso não é algo ruim. O E-Tron GT certamente era bonito e, mesmo envolto em camuflagem, esses carros de teste exigem atenção.

Galeria: Flagra - Audi E-Tron GT

De qualquer forma, o vídeo chama ainda mais atenção por causa dos sons que ouvimos emanando desses protótipos. É difícil discernir exatamente quais sons estão saindo do E-Tron, exceto pelo zumbido distinto dos motores elétricos. Ouvimos uma quantidade surpreendente de ruído, não muito diferente de um motor a gasolina - a Audi poderia estar usando alguns geradores de ruído externo para confundir os espectadores? É fato que vemos frequentemente o E-Tron GT com outros veículos nas proximidades, para que possa ser a fonte do som "adicionado".

Apesar dos sons, este carro é totalmente elétrico. Não sabemos exatamente como a versão de produção será afetada em termos de desempenho, mas o conceito tem 582 cv de potência (434 quilowatts) com uma bateria de 90 kWh. A Audi disse que o protótipo pode atingir 100 km/h em 3,5 segundos, com um alcance estimado de 402 km. Quando o modelo de produção chegar, esperamos números semelhantes, além de um preço abaixo de US$ 100.000.