Carrinho urbano já pode ser encomendado na edição especial "La Prima" na Europa

  • Edição limitada inclui teto panorâmico, Wallbox doméstico e acabamento mais luxuoso
  • Fiat 500e acelera de 0 a 100 km/h em 9 segundos e tem autonomia de 320 km
  • O novo Fiat 500 elétrico deve chegar ao Brasil até o início de 2021

Bastante aguardado, o Fiat 500, em sua inédita versão elétrica, foi revelado em março com o 500 cabrio elétrico na edição especial "La Prima", uma série limitada para comemorar a sua estreia. Todas as unidades foram esgotadas em poucas horas e agora surge uma segunda chance para os compradores europeus adquirirem em primeira mão o novo carrinho urbano.

De fato, as pré-encomendas da versão 'fechada' da edição "la Prima" estão abertas, com potenciais compradores que, nesta fase inicial, não precisam fazer nenhum depósito pela reserva. O preço é de 34.900 euros (R$ 196.050), incluindo a Wallbox, mas também pode ser adquirido através de financiamento.

Galeria: Fiat 500e edição especial la Prima

Para confirmar o pedido do carro, basta ir ao site oficial da Fiat, registrar-se, escolher entre as duas variantes da carroceria, selecionar a cor e indicar o revendedor preferido. O cliente não precisa pagar nenhum adiantamento e após informar os dados, o sistema retorna o valor dos incentivos que podem ser usados ​​com base no CEP informado.

Uma vez que o 500 elétrico "la Prima" esteja disponível, o usuário será contatado pelo revendedor para prosseguir, caso deseje, com o pedido. O registro no site não é obrigatório.

Três cores dedicadas

A versão "la Prima" é na verdade uma edição de lançamento, portanto é praticamente opcional. O teto de lona retrátil foi substituído por uma grande superfície de vidro, enquanto do lado externo ele pode ser reconhecido pelas três cores dedicadas a este modelo, um verde mica, um cinza metálico específico e um azul de três camadas. Há também faróis de LED completos, rodas de liga leve aro 17", acabamentos cromados nas janelas e superfícies laterais, e no interior couro ecológico no painel e nos bancos.

 

Bateria de 42 kWh e autonomia de 320 km

Do ponto de vista mecânico, o 500e convencional é idêntico a versão conversível. A bateria de 42 kWh promete uma autonomia de 320 km (de acordo com o ciclo WLTP) e alimenta um motor elétrico de 87 kW (118 cv). O desempenho é condizente com a proposta do carro com aceleração de 0 a 100 km/h em 9 segundos e uma velocidade máxima de 150 km/h.

Mas é no carregamento que o 500 tem uma carta na manga em relação aos seus rivais. A potência máxima de carregamento chega a 85 kW (carregador de bordo de série no La Prima, opcional no modelo de entrada), que permite atingir 80% da carga a partir do zero em apenas 35 minutos. O motorista também pode regular a frenagem regenerativa em três níveis selecionáveis ​​nos modos de condução Normal, Range e Sherpa, sendo que este último também permite a condução apenas com o pedal do acelerador.

Bateria 42 kWh
Autonomia 320 km (ciclo WLTP)
Potência máxima 118 cv (87 kW)
Aceleração 0-100 km/h 9 segundos
Aceleração 0-50 km/h 3,1 segundos
Velocidade máxima 150 km/h
Tempo de carregamento 0-80% (a 85 kW) 35 minutos

O 500 é o primeiro carro elétrico urbano a ser equipado com os condução autônoma de nível 2. Os recursos de série incluem frenagem de emergência automática, câmera de monitoramento externo em 360°, controle de cruzeiro adaptativo, assistente de permanência na faixa e monitor de pontos cegos. Também não ficou de fora o sensor de fadiga e reconhecimento de sinais de trânsito.

No Brasil

Um dos lançamentos mais importantes para a FCA neste ano, o novo Fiat 500 elétrico será um dos primeiros veículos eletrificados da marca a chegar ao Brasil. Confirmado para estrear até o fim de 2020, o 500e sofreu atrasos por conta da pandemia de Covid-19 e deve chegar em algum momento no início de 2021 - os preços não foram revelados, mas espere por algo em torno de R$ 200 mil, dependendo da variação do dólar, é claro. 

Acompanhe o InsideEVs nas redes sociais: