Capital da Colômbia supera Santigo no Chile e se torna a cidade com uma das maiores frotas do mundo

Capital da Colômbia e considerada a cidade mais congestionada do mundo de acordo com o levantamento do World Economic Forum, Bogotá tem adotado boas iniciativas para melhorar o transporte público e reduzir o trânsito, bem como a alta poluição do ar. A mais recente delas engloba também a eletrificação, com a aquisição de nada menos que 470 ônibus 100% elétricos da BYD

Em comunicado, a gigante chinesa afirma que se trata da maior frota de ônibus elétricos já entregue pela empresa nas Américas. Após o primeiro lote de 120 unidades neste mês, a entrega será concluída durante o primeiro trimestre de 2021, permitindo que um total de 302.000 passageiros usufruam do serviço de ônibus com emissão zero em 40 linhas diferentes. 

"Hoje é um dia histórico que podemos registrar na história de Bogotá”, disse Claudia Nayibe López Hernández, prefeita de Bogotá." 

"Isso graças ao esforço conjunto de muitos colombianos talentosos. Queremos comprar mais ônibus elétricos, de preferência, que nos permitam retirar a velha frota a diesel e gasolina, e renová-la com ônibus elétricos limpos, prestando mais e melhores serviços aos cidadãos".

Galeria: BYD - ônibus elétrico Bogotá

Além disso, cada ônibus vem equipado com cabine de segurança do motorista, TV, WIFI, câmeras de segurança, sistema de transporte inteligente, interfaces USB de carregamento de celulares, plataforma de acesso para pessoas com deficiência e outros recursos centrados nas pessoas.

"É muito bom que nosso sonho se torne realidade", disse Ricardo Sierra, presidente da Celsia, empresa colombiana de compras de ônibus.

"A TRANSMILENIO SA e a cidade de Bogotá são líderes em ônibus elétricos e são um exemplo para muitas cidades que buscam desenvolver sistemas de ônibus com emissão zero. Parabenizo os cidadãos de Bogotá, que em breve experimentarão o charme único dos ônibus ecológicos."

Com forte presença no mercado colombiano, onde iniciou atividades em 2012, a BYD alcançou diversos marcos: construir a primeira frota de táxis elétricos puros na América do Sul em 2013 e entrar no sistema BRT de Bogotá em 2017. A empresa chinesa também entregou 64 ônibus elétricos para Medellín em 2018. 

BYD - ônibus elétrico Bogotá

Os ônibus foram produzidos pelas fábricas de ônibus da BYD em Nanjing e Hangzhou, na China, e depois enviados para o Porto de Buenaventura, no Oceano Pacífico, e partir dali até a cidade de Bogotá.

Com a incorporação de 470 ônibus da BYD à sua frota, a capital da Colômbia passa a figurar entre as cidades com mais ônibus elétricos em circulação no mundo. Apenas como referência, o Brasil inteiro possui uma frota de 349 ônibus elétricos, segundo levantamento do E-Bus Radar, da UFRJ.

Fonte: BYD