SUV elétrico foi flagrado em testes praticamente sem camuflagem

Por conta da apresentação do sistema multimídia MBUX Hyperscreen que vai estrear em 2022 com o sedã elétrico de luxo EQS, a Mercedes-Benz anunciou que o EQA será revelado no final de janeiro. O elétrico mais em conta no portfólio da marca da estrela de três pontas, portanto, após os atrasos causados ​​pela pandemia, está pronto para estrear. 

Enquanto o SUV elétrico não aparece por inteiro, foi flagrado pelo WalkoART durante testes na neve com uma camuflagem mínima que permite apreciar melhor seu estilo, incluindo aquela grade fechada, um sinal inconfundível da presença de um trem de força zero emissões.

'GLA elétrico'

Irmão mais novo do EQC, o carro vai seguir o seu estilo, mas reduzindo as dimensões externas e colocando-se na lista como uma espécie de GLA de emissão zero. Modelo inédito, desenvolvido como elétrico desde o zero, em termos de propulsão deve seguir o esquema proposto pelo conceito EQA de 2017 com o qual a marca inicialmente declarou a intenção de criá-lo.

Muito provavelmente, portanto, o Mercedes EQA será impulsionado por dois motores elétricos dispostos nos dois eixos e capazes de garantir tração nas quatro rodas. O conjunto deve ser capaz de fornecer potência máxima de cerca de 200 kW (272 cv).

Quatro lançamentos elétricos em 2021

O EQA será o primeiro de quatro modelos de emissão zero que a Mercedes pretende lançar ainda este ano. Em seguida será a vez do EQB e mais tarde dos maiores EQS e EQE, que serão apresentados ao longo de 2021 mas que só chegarão ao mercado em 2022.

No próximo ano, a gama elétrica da marca premium alemã estará completa com a chegada de mais dois modelos de alto padrão. Na verdade, será a vez das variantes SUV do EQS e EQE, que, como os três volumes dos quais derivam, explorarão a plataforma dedicada EVA que a Mercedes projetou apenas para carros elétricos movidos a bateria.

Galeria: Mercedes-Benz EQA 2021 - projeção