Versão de produção do SUV elétrico será revelada até o fim do ano.

  • Mercedes-Benz EQA será o veículo elétrico mais barato da marca
  • Lançamento deve ocorrer até o fim do ano

A Mercedes-Benz está preparando uma notável ofensiva elétrica. Atualmente, ela comercializa apenas um modelo 100% elétrico, o Mercedes EQC, mas a família de veículos elétricos promete crescer bastante nos próximos meses. 

Entre eles, haverá vários SUVs (formato da moda), mas também um sedã de luxo, o Mercedes EQS, que está em desenvolvimento avançado. Nesta matéria vamos nos concentrar no próximo primeiro a chegar ao mercado, o EQA, cuja projeção tenta antecipar a imagem final do SUV compacto. 

Galeria: Mercedes-Benz EQA 2021 - projeção

Para simplificar as coisas, o EQA será nada mais que o GLA elétrico. No entanto, este carro vai mostrar um estilo próprio, para se diferenciar dos demais. Esta recriação, baseada em fotos de flagras e tendo em conta a imagem do EQC, deve ficar muito próxima do modelo de produção.

Como é possível ver, a dianteira é inspirada no 'irmão mais velho'. A grade com contorno preto deve ser um ponto comum em todos os modelos elétricos da Mercedes-Benz. Os faróis, que se estendem para os lados, são muito semelhantes aos do EQC. Abaixo deles existem duas molduras laterais, como se fossem as entradas de ar de um modelo de combustão. 

Já as rodas de liga leve têm inserções azuis, de forma a deixar claro que se trata de um veículo elétrico. Não faltam apliques cromados, espalhadas por todo a carroceria, que proporcionam um toque mais luxuoso.  

Infelizmente, a Mercedes-Benz guarda a sete chaves todas as especificações técnicas. No entanto, o EQA 2021 poderia ser equipado com uma bateria de 60 kWh, o que garantiria uma autonomia de cerca de 500 quilômetros.

Galeria: Flagra - Mercedes EQA 2021

O EQA Concept entregava 270 cv e 51,0 kgfm, graças ao uso de três motores elétricos. Não é um dado irreal, já que o EQC desenvolve 408 CV. Na falta de confirmação desses dados, uma coisa é certa: a Mercedes-Benz planeja lançar pelo menos dez carros elétricos até 2025.