Líder de comércio eletrônico da América Latina lança plano para ampliar compromisso ambiental

Em mais uma iniciativa para impulsionar a transição energética, o Mercado Livre, maior portal de comércio eletrônico da América Latina, vai oferecer uma modalidade de financiamento para que seus entregadores possam comprar veículos elétricos no Brasil.

De acordo com a matéria da agência Reuters, a empresa divulgou este novo plano após ter captado mais de US$ 1,1 bilhão em bônus, com US$ 400 milhões desse montante sendo destinados a iniciativas de boas práticas em medidas socioambientais.

A operação do Mercado Livre no Brasil conta com 10.000 veículos e 600 carretas, operadas por terceiros em quase sua totalidade, sendo boa parte com contrato de exclusividade. Após uma iniciativa recente, a empresa de comércio eletrônico já adquiriu 50 vans elétricas a bateria que já estão em operação no país. 

mercado livre veiculo eletrico (2)

De acordo com André Chaves, vice-presidente de estratégia, novos negócios e relações com investidores, a iniciativa em primeiro lugar faz parte do esforço global para reduzir as emissões de carbono. No entanto, o executivo destaca que os entregadores poderão diminuir seus custos no médio e longo prazo, graças à manutenção mais em conta do veículo elétrico. 

"É um investimento que se paga no tempo", disse o executivo à Reuters.

Ainda não foram revelados detalhes como a frota de veículos elétricos prevista para o país, nem quais modelos poderão ser financiados. O crédito para os entregadores será fornecido pelo braço financeiro da empresa, o Mercado Pago.

Essa é uma tendência global, onde podemos citar o exemplo da Amazon, o maior varejista de comércio eletrônico do mundo, que anunciou em 2019 um ambicioso plano para adquirir 100.000 veículos elétricos e zerar as emissões de carbono até 2040. 

Fonte: Reuters