Gigante do comércio eletrônico irá receber 1.800 unidades dos modelos eSprinter e eVito.

A gigante do comércio eletrônico Amazon segue apostando nos veículos elétricos como parte de um conjunto de medidas para tornar a empresa neutra em carbono até 2040 e ter a maior frota zero emissões do mundo. 

Chamado de Ambition2039, o programa também teve a adesão da Mercedes-Benz e abrange toda a cadeia produtiva, desde a rede de fornecedores, a própria produção interna e o uso de fontes renováveis durante a fase de uso dos veículos elétricos.  

Galeria: Mercedes-Benz e Amazon - frota elétrica

Falando da aplicação prática dessas metas, a marca da estrela de três pontas anuncia que ao final deste ano o seu portfólio global de veículos compreenderá cinco modelos totalmente elétricos e mais de 20 híbridos plug-in. 

1.800 veículos elétricos da Mercedes-Benz

Na última semana, a Mercedes-Benz e Amazon anunciaram a maior encomenda de veículos elétricos já recebida pela marca até o momento. Foram mais de 600 vans elétricas eVito e 1.200 eSprinter que serão entregues à Amazon a partir deste ano para serem utilizadas em sua operação por toda a Europa.

Uma tendência que está progredindo na Europa é a eletrificação dos veículos que fazem o serviço de entrega dentro do esquema conhecido como 'last mile'. O setor de serviços de entregas de documentos, pacotes e expressas tem sido o grande impulsionador nessa área. O crescente comércio online e os serviços flexíveis de entregas dos últimos anos não só trouxeram um aumento do trânsito interno, mas cidades também levaram ao aumento dos sistemas de propulsão livres de emissões locais em áreas urbanizadas.

O Mercedes-Benz eSprinter para Amazon será equipado com uma bateria de 55 kWh (47 kWh disponíveis) para uma autonomia de até 168 km e um motor elétrico de 85 kW (115 cv) e 30,0 kgfm. Tem peso bruto admissível de 3.500 kg, carga útil de 891 kg e capacidade de carga de 11 m³. O carregamento rápido DC de 10% a 80% SOC leva cerca de 25 minutos.