Sinal verde para a expansão da mobilidade elétrica: marca alemã vai aumentar sua participação na Rimac de 15 para 24%

Sinal verde para a expansão da mobilidade elétrica: o conselho da Porsche anunciou na última sexta-feira (5) a permissão para o aumento de participação na empresa de hipercarros elétricos Rimac Automobili de 15 para 24 por cento.

A empresa croata desenvolve e produz componentes de alta tecnologia para mobilidade elétrica, incluindo trens de força de alto desempenho e sistemas de bateria. Também produz carros superesportivos com propulsão totalmente elétrica.

Galeria: Rimac C_Two - Salão de Genebra 2018

A Porsche se juntou à jovem empresa de tecnologia e carros como investidora em 2018 e aumentou sua participação para 15 por cento em setembro de 2019. O último aumento de capital ilustra a expansão da parceria estratégica com um novo investimento mais 70 milhões de euros. 

"A Rimac tem uma posição excelente em soluções de protótipo e pequenas séries", diz Lutz Meschke, Vice-Presidente do Conselho Executivo e membro do Conselho Executivo de Finanças e TI da Porsche AG.

"Mate Rimac e sua equipe são parceiros importantes, principalmente, quando se trata de nos apoiar no desenvolvimento de componentes. A Rimac está a caminho de se tornar um fornecedor Tier 1, para a Porsche e outros fabricantes, no segmento de alta tecnologia. A Porsche já fez seus primeiros pedidos à Rimac para o desenvolvimento de componentes de série altamente inovadores", diz Meschke.

Porsche Rimac (2)

A Rimac foi fundada em 2009, quando Mate Rimac tinha 21 anos. Com sede em Sveta Nedelja, na Croácia, a empresa agora tem cerca de 1.000 funcionários. Ela projeta, desenvolve e produz hipercarros elétricos com até 2.000 CV. A empresa croata também oferece tecnologias e sistemas para diversos fabricantes de carros elétricos estabelecidos.

O protótipo C_Two foi apresentado pela Rimac em 2018 e já está em pré-produção. Pelos dados iniciais, o hipercarro deveria ser equipado com quatro motores elétricos (um para cada roda) com capacidade total de 1.914 cv. Isso permitirá a aceleração de 0 a 100 km/h em menos de 2 segundos, a 160 km/h em 4,3 segundos e alcance uma velocidade máxima de 412 km/h. Uma bateria de 120 kWh deve garantir autonomia para mais de 600 quilômetros.

Siga o InsideEVs Brasil no Twitter

Siga o InsideEVs Brasil no Facebook

Siga o InsideEVs Brasil no Instagram