A empresa começou a montar os protótipos de pré-produção do hipercarro C_Two

A empresa croata Rimac Automobili divulgou uma série de fotos de sua fábrica em Veliko Trgovishte, onde o início da produção em série do novo (e aguardado) hipercarro elétrico está sendo preparada. No momento, está sendo montado um lote de seis unidades, que praticamente não terão diferenças em comparação com o modelo de produção em série.

A empresa disse que já foram montados 12 carros, mas com tecnologias de bypass. Eles já foram testados, incluindo vários testes de colisão. O mais importante é que as características reais do carro não foram piores do que o esperado, e algumas até melhores que as estimadas previamente, disse o CEO da empresa, Mate Rimac.

Galeria: Linha de montagem Rimac

Vale lembrar que o protótipo C_Two foi apresentado em 2018. Pelos dados iniciais, o hipercarro deveria ser equipado com quatro motores elétricos (um para cada roda) com capacidade total de 1.914 cv. Isso permitirá a aceleração de 0 a 100 km/h em menos de dois segundos, a 160 km/h em 4,3 segundos e alcance uma velocidade máxima de 412 km/h. Uma bateria de 120 kWh deve garantir autonomia para mais de 600 quilômetros.

A empresa observa que agora leva oito semanas para montar hipercarros de pré-produção, o que é duas vezes mais rápido do que os primeiros 12 carros foram montados. E levará cinco semanas para montar as unidades da versão de produção.

Apesar da fase final de implementação do projeto, a empresa de Mate Rimac ainda não deu um nome definitivo para o carro (C_Two é o nome do protótipo). Serão construídas 150 unidades de produção, cada uma com um valor superior a um milhão de euros. O início das entregas está previsto para 2021. Um dos compradores foi o campeão da Fórmula 1 de 2016, Nico Rosberg.

Além disso, o C_Two será a base para o hipercarro Pininfarina Battista, que será ainda mais caro.

Galeria: Rimac C_Two - Salão de Genebra 2018