Hongqi S9 custa US$ 1,5 milhão e mostra o quanto a indústria automobilística chinesa evoluiu.

  • Hongqi S9 possui trem de força híbrido e pode acelerar de 0 a 100 km/h em 1,9 segundo
  • Hipercarro chinês já pode ser encomendado pelo equivalente a R$ 8,12 milhões

De volta ao Salão Automóvel de Frankfurt de 2019, a montadora chinesa Hongqi, uma das fabricantes do país com ambições no segmento premium, conhecida pelo sedã presidencial L9 com inspiração retrô, surpreendeu as multidões com o hipercarro S9. E anunciou que o veículo estava entrando em produção limitada, embora muitos parecessem céticos na época.

Pode até parecer que a montadora de propriedade da FAW encomendou o projeto para o S9 de um estúdio de design italiano, mas a empresa diz que o carro foi totalmente desenhado na China. Com relação ao trem de força, ainda não sabemos as especificações além do fato de que ele opera um V8 turboalimentado que é auxiliado por um ou mais motores elétricos para atingir a potência total de 1.400 cavalos; O tempo de arrancada declarado para 100 km/h é de apenas 1,9 segundo e a velocidade máxima é de 400 km/h.

Galeria: Hongqi S9

Também temos certeza de que é um híbrido plug-in, embora não tenhamos informações sobre o tamanho da bateria, autonomia no modo elétrico ou capacidade de carga. Agora você pode encomendar um S9, pois a empresa confirmou seu plano de produzir exatamente 70 exemplares que serão vendidos pelo equivalente a R$ 8,12 milhões (10 milhões de yuans).

Os detalhes ainda são limitados, mas aparentemente será fabricado por meio de uma joint venture com outra empresa chinesa, a Silk EV. Esperamos em breve saber mais sobre este carro eletrificado intrigante e realmente muito bonito, um dos automóveis mais notáveis ​​que já veio da China (se estiver de acordo com as afirmações feitas sobre ele); estamos ansiosos para vê-lo em ação.