Sua velocidade no teste não foi a mais alta, mas é um dos testes de alce menos dramáticos que já vimos

Quer uma prova de quão seguro é o novo Fiat 500 elétrico? Pois bem, a prova não pode ser mais convincente do que assistir ao carro urbano sendo submetido ao teste do alce. É um teste complicado e há muitos carros que apostávamos que teriam um bom desempenho, mas que na hora 'H' não vingaram. 

Por outro lado, há carros que não despertavam grandes expectativas mas que acabaram surpreendendo com um ótimo desempenho. Mais recentemente, chamou a atenção o Dacia Spring (a versão elétrica do Renault Kwid), cuja velocidade no percurso foi uma das mais altas registradas para um carro compacto - 77 km/h, embora valha a pena destacar que o carrinho perdeu aderência na traseira fazendo o teste em velocidade mais baixa.

Galeria: Fiat 500 elétrico - teste do alce

O Fiat 500 elétrico não conseguiu atingir a mesma velocidade, mas a maneira como executou a mesma manobra a 75 km/h foi muito menos dramática que o Dacia. No caso do Fiat, a traseira ficou colada ao asfalto, sem perder aderência por um segundo sequer, e apesar de um pouco de sub-esterço, o carro conseguiu retomar a trajetória sem sofrimento.

É importante notar que o 500 elétrico inclina-se muito pouco durante o teste. O que é uma ótima notícia, especialmente considerando o fato de que a suspensão do novo 500 é muito mais macia e refinada que a do modelo antigo. Nós tivemos a chance de dirigi-lo recentemente e o conforto de rodagem (especialmente em comparação com os 500 mais antigos) foi claramente um dos destaques. 

Siga o InsideEVs Brasil no Twitter

Siga o InsideEVs Brasil no Facebook

Siga o InsideEVs Brasil no Instagram