Análise feita por startup mostra os benefícios dos veículos elétricos, além da redução de emissões e gastos com manutenção

Uma análise comparativa dos carros elétricos e a combustão, com o objetivo de apresentar os diferenciais dos veículos elétricos e demonstrar de maneira simples todas as mudanças e novas tendências da mobilidade foi realizada pela UCorp, startup nacional de tecnologia e soluções de mobilidade corporativa focada em veículos elétricos. 

O levantamento da startup comparou tanto a eficiência dos veículos quanto gastos, valor de manutenção e também emissão de CO2. Como é sabido, um dos maiores benefícios dos veículos elétricos é a não emissão de gases de efeito estufa.

Galeria: Teste de emissões de CO2

Nessa linha, o ciclo de vida do carro elétrico terá menos emissões de gases e poluentes do que um carro a gasolina, ou qualquer outro combustível. Um veículo abastecido por gasolina, por exemplo, emite em média 150 gramas de gás carbônico (CO2) por quilômetro rodado. Outros gases como o monóxido de carbono(CO), óxidos de nitrogênio (NOx), hidrocarbonetos (HC), dióxido de enxofre (SO2) e material particulado (MP) também são emitidos contribuindo para a poluição da atmosfera.

A análise também mostra que um carro a combustão chega a ter 2.400 peças, enquanto um carro elétrico tem apenas 250. Para fazer a manutenção periódica de seis meses a diferença de custo é grande. Em um carro elétrico gastamos em média R$ 250,00 e no carro a combustão esse valor chega a R$ 800,00.

Na hora de encher o tanque do veículo a combustão temos que desembolsar por volta de R$ 275,00 reais, já uma carga completa em um veículo elétrico custa R$ 22,44. Quando falamos de preservação do meio ambiente, o carro a combustão chega a produzir 3 toneladas de CO2 a cada 20.000 km rodados, enquanto em um carro elétrico esse valor chega a ser de 70 kg.

No mundo todo são muitos os movimentos em prol do aumento da frota elétrica. Recentemente a GM anunciou o investimento de US$ 35 bilhões em carros autônomos e elétricos até 2025. A parceria com a Honda dará origem a dois SUVs elétricos inéditos. Já a Kia firmou acordo com a Uber na Europa, com desconto de até 8% para motoristas que adquirirem as variantes elétricas do Niro e do Soul.  Outro exemplo dessa movimentação no mercado é o carro elétrico urbano E10X, que será lançado no Brasil em outubro de 2021, um carro pequeno produzido pela Si Hao, da joint venture Volkswagen-JAC.

De acordo com o CEO e fundador da UCorp, Guilherme Cavalcante, quando falamos de carros elétricos, o valor da economia chega a ser dez vezes maior.

"Podemos usar o número mágico de 10 vezes, ou seja, EVs tem 10 vezes menos peças, e 10 vezes menos custos com manutenção. Dentre os benefícios temos a diminuição na produção de CO², maior eficiência quando colocado em movimento, melhor desempenho, diminuição de gastos na manutenção", "Quando falamos de frotas eletrificadas temos melhora na gestão das empresas sobre o uso dos carros pelos colaboradores, diminuição de carros nas ruas, diminuição de multas, e economia na locação de carros pelas empresas, o que traz uma redução de gastos absurda!", ressalta Guilherme.

Siga o InsideEVs Brasil no Twitter

Siga o InsideEVs Brasil no Facebook

Siga o InsideEVs Brasil no Instagram