Conceito promissor representa uma ponte entre o passado e o futuro

A oportunidade para os nossos amigos do Motor1.com EUA foi realmente grande: um convite da Jeep para as trilhas deslumbrantes de Moab, Utah, e por último a chance de desfrutar alguns minutos ao volante de um carro-conceito inestimável no Easter Jeep Safari, um protótipo 100% elétrico do tradicional Jeep Wrangler

Chamado de Jeep Magneto Concept totalmente elétrico, ele estava equipado com um câmbio manual de seis velocidades e, de muitas maneiras, representa a ponte entre o passado e o futuro para a marca. Foram apenas 15 minutos de contato com o Magneto, mas o suficiente para descobrir algumas coisas sobre este interessante conceito.

Galeria: Jeep Magneto EV Concept 2021

Na verdade, o Magneto estava programado há vários anos e esperava-se que fosse lançado em 2020, antes que a pandemia mudasse os planos do Jeep.

Para a empresa americana, este é um experimento para entender como os clientes em potencial poderiam reagir a uma inovação tão radical. Enquanto isso, para aqueles que desejam migrar para um Jeep Wrangler mais ecológico nos próximos meses, a versão híbrida plug-in 4xe está a caminho.

Como anda?

A Jeep começou este projeto com um Wrangler Rubicon 2018 de duas portas equipado com motor o V6 convencional e transmissão manual. Eles imediatamente desconectaram o motor e eletrificaram o carro, mantendo o câmbio de seis marchas com reduzida. 

O trem de força do Magneto é suficiente para 285 cv de potência e 37,7 kgfm de torque. No estado em que o dirigimos (sem portas ou banco traseiro), o conceito pesa 2.600 quilos. A Jeep limitou o torque para imitar a experiência de um motor de combustão.

2021 Jeep Magneto EV Conceito

A caixa manual de seis velocidades é uma espécie de homenagem aos entusiastas da "velha escola", mas devido à sua complexidade é altamente improvável que seja instalada em qualquer modelo de produção.

O procedimento inicial não é exatamente muito intuitivo. Afinal, é algo incomum um carro elétrico com caixa de câmbio manual. Para sair, você pressiona a embreagem e freia, engata a segunda (o que, segundo Jeep, garante uma saída melhor), libera o pedal do freio e aos poucos também a embreagem.

Em um carro normal o motor já teria morrido, mas não no caso do Magneto, que na verdade não possui partes mecânicas em operação e sim o motor elétrico.

Assim, para enfrentar as subidas íngremes, você pode engatar a primeira, enquanto em uma reta você pode colocar uma quarta, assim como em um Wrangler normal com caixa de câmbio manual. Dirigir assim é um pouco estranho, os únicos ruídos são o zumbido do motor elétrico e da caixa de transferência, além da areia do deserto de Moabe.

A Jeep nos garantiu que se um Wrangler elétrico entrasse em produção (opa!!!), ele não choraria e gritaria como o carro-conceito. O acelerador é fácil de modular e o carro mantém agradavelmente sua condição de Wrangler, avançando sobre pedras e obstáculos sem reclamar.

Se - vamos ser honestos, quando - a Jeep fizer um Wrangler totalmente elétrico, ele não compartilhará muita coisa com o Magneto. Mas este projeto pequeno e maravilhoso de Frankenstein, com seus detalhes em azul brilhante, é uma prévia que induz um sorriso de como será um Wrangler sem motor a combustão. 

A Jeep está usando o conceito para testar a receptividade dos clientes hoje, mas não se surpreenda em alguns anos quando as trilhas de Moab ficarem repletas de silenciosos Wranglers off-road como seus predecessores movidos a gasolina.

Siga o InsideEVs Brasil no Twitter

Siga o InsideEVs Brasil no Facebook

Siga o InsideEVs Brasil no Instagram

Jeep Magneto Concept

Motor Elétrico
Bateria 70 kWh (800V)
0 a 100 km/h 6,8 segundos
Transmissão Manual de seis marchas
Peso 2.600 kg
Potência 285 cv
Torque máximo 37,7 kgfm