Resultado é atribuído a corte de custos da fabricante

Faz um ano desde a última vez que a Tesla registrou lucro e a fabricante finalmente voltou a registrar um mês positivo desde outubro de 2018. Neste período, a fabricante de Elon Musk ficou no vermelho e viu sua receita cair com os últimos investimentos. Só que o resultado do terceiro trimestre de 2019 finalmente foi verde, uma boa notícia, já que os analistas esperavam por mais um prejuízo.

O lucro líquido da Tesla foi de US$ 143 milhões, enquanto a empresa teve um prejuízo de US$ 1,1 bilhão no primeiro semestre. Isso fez com que os analistas estimassem uma perda de US$ 200 milhões, o que não foi o caso, já que o resultado final foi o contrário.

Galeria: Tesla Model 3

"Nossas despesas operacionais estão em seu ponto mais baixo desde o início da produção do Model 3", disse a fabricante de Palo Alto em um comunicado. "Como resultado, voltamos a lucrar no terceiro trimestre (...) isto foi possível por conta da redução substancial em nossos custos." É verdade que ainda estão no vermelho no panorama geral, mas os novos investimentos permitiram este resultado positivo e equilibraram as despesas.

A consequência desta estratégia é obviamente positiva, pois desde a publicação deste resultado, as ações da Tesla nas bolsas de valores subiu mais de 20%, atingindo a marca de US$ 307,12. É a primeira vez desde março que as ações da marca passam dos US$ 300 e ninguém esperava que alcançasse a marca, já que estava a US$ 250 há poucos dias.