Serviço começa por Santos (SP), mas empresa quer atuar em São Paulo em breve

Além dos serviços de motoristas e entregas, a Uber quer atacar em mais um segmento no Brasil. Começando por Santos, no litoral de São Paulo, ela entra na briga dos patinetes elétricos compartilhados e pretende ser competitiva até mesmo em preços diante da Yellow, Grin (que são da Grow) e Lime.

Desde o dia 3 de dezembro, terça-feira, os patinetes estão espalhados pelas ruas da cidade litorânea. Mais burocrática, a operação em São Paulo (SP) ainda espera a liberação para atuar na capital. Pelo mesmo aplicativo utilizado para o serviço de motorista, o patinete é liberado pelo custo de R$ 1,50 e mais R$ 0,75 por minuto de utilização. Como comparação, o serviço da Yellow custa R$ 3,00 pelo desbloqueio e R$ 0,50 por minuto. 

A Uber oferece desconto de 40% na compra de capacetes em uma loja. O uso do equipamento de segurança é um dos pontos mais polêmicos na briga entre a prefeitura de São Paulo e as empresas de compartilhamento. A Grow tem uma liminar que suspende esta regra e não obriga seu usuário a vestir o item para usar o patinete na cidade.