Até modelos em pré-venda tiveram seus preços aumentados

Não faz nem três meses que a JAC apresentou sua linha de elétricos no Brasil. Apesar disso (e de a maioria dos modelos ainda nem estar nas lojas), os preços já subiram. Desde o pequeno iEV20 até o caminhão iEV1200T, ninguém escapou de um reajuste na tabela entre R$ 5 mil e R$ 20 mil. 

Começando pelo iEV20, o subcompacto passou de R$ 119.990 para R$ 124.990, o que o mantém como o carro elétrico mais barato do país. As entregas deste começam em janeiro de 2020. Possui motor com o equivalente a 68 cv e 21,9 kgfm de torque, com autonomia que varia de 320 a 400 km. O iEV40, a versão elétrica do T40 (já disponível para entregas), foi de R$ 153.900 a R$ 159.900, com motor de 115 cv e 27,6 kgfm de torque com 300 a 350 km de autonomia. 

JAC iEV60 e iEV 330P
JAC iEV40
JAC iEV60 e iEV 330P
JAC iEV20

Já o iEV60, versão elétrica do recém-lançado T60, foi de R$ 198.900 para R$ 209.900, este previsto para chegar ao mercado em julho de 2020. Entre os comerciais, a picape iEV330P saltou para R$ 244.900 (ou R$ 15 mil de aumento), enquanto o iEV1200T agora custa R$ 279.900 (R$ 20 mil de aumento). 

Galeria: JAC iEV20