Terá duas opções de bateria, com autonomia de até 168 km

Após muita espera, a Mercedes-Benz eSprinter finalmente é lançada, ampliando a oferta de veículos comerciais eletrificados da marca alemã para a Europa. Nasce como uma alternativa maior à eVito, versão elétrica da minivan que já está sendo vendida por lá. Será oferecida com duas opções de baterias: de 55 kWh, entregando uma autonomia de 168 km e uma capacidade de carga de até 891 kg; ou 41 kWh, que reduz a autonomia para 115 km, mas aguenta até 1.045 kg de carga. Ambos tem o mesmo espaço interno de 10.500 litros (10,5 m³) que as variantes com motor a combustão.

Galeria: Mercedes-Benz eSprinter

Independente da bateria escolhida, a eSprinter tem um motor elétrico que entrega 115 cv e 30 kgfm de torque, com tração dianteira. Como a Mercedes quer que este carro seja usado na frota das empresas, a fabricante permite que seja comprada litando a velocidade máxima a 80 km/h, 100 km/h ou 120 km/h. 

Para aumentar a autonomia para o máximo possível, os motoristas podem escolher quatro níveis de regeneração dos freios, indo desde praticamente nenhuma recuperação para ajustes mais agressivos. Vários modos de direção também ajudam na eficiência, por mudar a resposta do acelerador e até mesmo do ar-condicionado, reduzindo o uso de energia.

Para ajudar os frotistas a decidirem que a Mercedes-Benz eSprinter é a escolha certa, a fabricante está oferecendo serviços e ferramentas para que possam fazer a conta se o custo para rodar com um veículo elétrico é menor do que os gastos que eles tem hoje em dia em suas empresas. Ainda tem um serviço para determinar as necessidades de recarga para cada empresa, dependendo de quantos modelos elétricos eles quiserem comprar.