Marca explora o segmento no país desde 2013, quando lançou o Prius

Pioneira na comercialização de veículos eletrificados no Brasil, a Toyota é destaque também quando o assunto em questão envolve números de vendas. Em 2019, por exemplo, a marca liderou o mercado de híbridos no país com participação de 67,6% - resultado creditado aos números alcançados pelos três modelos do tipo que a empresa oferta por aqui.

Corolla Hybrid, primeiro híbrido flex do mundo, foi lançado em setembro de 2019 e acumulou nesse curto período 3.635 unidades entregues. Na sequência, o RAV4 Hybrid (oferecido a partir do mês de meio) somou 3.161 exemplares comercializados. O terceiro integrante da linha é o Prius.

Galeria: Toyota RAV4 Hybrid SX 2020 (BR)

Os números refletem a estratégia da Toyota de se tornar cada vez mais eletrificada e devem ser ampliados consideravelmente já a partir deste ano. Até 2025, a expectativa da marca é oferecer um portfólio 100% híbrido, com pelo menos uma versão disponível para cada veículo. 

Além da marca própria, a empresa também explora o segmento no Brasil com a divisão de luxo Lexus, cujo catálogo já é quase todo composto por modelos híbridos - NX 300h, UX 250h, CT 200h e ES 300h. Na última década a empresa emplacou quase 2.000 unidades híbridas no país. Juntas, Toyota e Lexus representam 74% de todo o mercado híbrido desde 2013, com 16.916 veículos entregues. 

Lexus UX (ICE)
Fonte: Toyota