O modelo terá ainda seu trem de força emprestado do primo Toyota RAV4 Prime

A Lexus foi um dos primeiros fabricantes a adotar a eletrificação - está vendendo uma grande variedade de híbridos há mais de uma década - nos últimos anos, porém, outros fabricantes assumiram a liderança na eletrificação do fabricante japonês. Apesar de ainda vender híbridos regulares, ainda não oferece híbridos plug-in e apenas um veículo 100% elétrico.

Mas parece que isso vai mudar em breve, porque foi relatado recentemente que a Lexus apresentou um pedido de registro na Europa para várias novas variantes de seu crossover NX. O primeiro é o NX350h, mas o mais interessante é o NX450+.

Foi sugerido que o sinal de mais em sua nomenclatura indica o fato de que ele foi projetado para ser um PHEV e há uma grande chance de ser impulsionado pelo mesmo trem de força encontrado no Toyota RAV4 Prime. A potência vem de um quatro cilindros aspirado naturalmente de 2,5 litros com 176 cv, mas graças a dois motores elétricos, a potência de pico do sistema é de 302 cavalos, permitindo assim que o RAV4 PHEV acelere até os 60 km/h em 5,8 segundos.

A autonomia no modo 100% elétrico é bastante impressionante para o RAV4 Prime, graças à sua grande bateria de 17,8 kWh (das quais 16 kWh são utilizáveis). Com uma carga completa, ele pode ser conduzido por 62 km antes que o motor a gasolina seja ativado para reabastecer a bateria.

O Lexus NX tem aproximadamente o mesmo tamanho e peso que o RAV4, portanto, seu alcance e desempenho seriam muito semelhantes. O RAV4 Prime custa US$ 36.500, enquanto o atual modelo NX300h começa um pouco abaixo de US$ 40.000 - o NX450h+ provavelmente custará mais perto de US$ 50.000.

Também vale a pena notar que a Lexus apresentou o pedido de registro de patentes para o NX450h+ na Europa, não na América. Nos Estados Unidos, o fabricante solicitou marcas comerciais para as placas de identificação NX250 e NX350.

Fonte: Clube Mach-E

Galeria: Lexus NX 300h