Marca busca de forma persistente a redução de emissões em seus carros

  • BMW admite que já trabalha na próxima geração de modelos híbridos plug-in
  • A marca alemã tem com meta uma gama de 25 modelos eletrificados até 2023

A grande maioria das montadoras está comprometida em maior ou menor grau com a eletrificação, mas a BMW realmente tem levado o assunto a sério. Com a presença cada vez maior de modelos híbridos plug-in no seu portfólio, a marca alemã também aposta forte no desenvolvimento desse tipo de carro e já trabalha em modelos PHEV com até 100 km de autonomia em modo elétrico. 

Essa e outras intenções foram reveladas por Pieter Nota, membro do Conselho de Administração da BMW, em uma entrevista onde que afirmou que a empresa alemã já estão trabalhando em sua próxima geração de híbridos plug-in. Segundo ele, isso implicará em maior redução de emissões de poluentes, principalmente nas cidades, um tema chave para a empresa. 

Galeria: BMW X2 xDrive25e (2020)

Todavia, Peter Nota diz que o alcance em modo elétrico vai depender de cada segmento, o que significa que nem todos os modelos alcançarão esta autonomia. Considerando o estágio de desenvolvimento de baterias e suas aplicações, o mais provável é que essa quilometragem mais alta em modelo elétrico, ao menos no início, fique reservada para modelos mais caros e potentes.

"O novo BMW 5 Series, por exemplo, que acabamos de lançar, oferecerá inicialmente cinco variantes híbridas diferentes. Além disso, é claro que continuamos a desenvolver o sistema de acionamento e ofereceremos até 100 quilômetros de autonomia elétrica no futuro, dependendo do segmento."

Olhando para o portfólio atual da BMW, temos o X3 xDrive30e, que pode rodar 55 km com emissões zero, enquanto o novo BMW 530e PHEV está homologado para 67 km em modo elétrico. Por fim, ainda temos o BMW X5 xDrive45e, equipado com uma bateria de 24 kWh que permite bons 87 km de autonomia sem usar o motor a combustão.  

"Até o final deste ano, já teremos um total de 12 modelos híbridos de plug-in básicos disponíveis, incluindo o novo MINI Countryman* e o BMW X2*. Aliás, já lideramos em termos de amplitude da gama de modelos, tanto na Alemanha quanto na UE, mas também em todo o mundo"

A BMW tem como objetivo uma gama de 25 modelos eletrificados até 2023, sendo metade destes 100% elétricos. A marca admite ainda que os veículos eletrificados representarão entre 15 e 25% das vendas globais antes de 2025. Na Europa, provavelmente já será um 1/4 até 2021, um 1/3 até 2025 e metade até 2030. 

Fonte: BMW

Galeria: Teste - BMW 530e iPerformance