Bicicleta promete versatilidade de uso e tem motor de 250 W

  • Bicicleta elétrica tem estilo mountain bike e já pode ser encomendada na Europa
  • e-Scrambler possui câmbio de 11 velocidades e motor Shimano Steps E700 de 250 W

A mobilidade elétrica sobre duas rodas está começando a decolar cada vez mais na Europa. O movimento também é impulsionado pela política de bônus e incentivos para bicicletas elétricas, scooters e micro mobilidade.

Um fenômeno que, no entanto, também se estende a realidades como trekking, mountain bike e que está expandindo seus horizontes até mesmo para as bicicletas motorizadas, de forma que fabricantes como a Ducati começam a voltar suas atenções para este segmento ao anunciar o lançamento da e-Scrambler.  

Galeria: e-Scrambler Ducati

A Ducati define: "O baixo centro de gravidade e a geometria da estrutura permitem que o e-Scrambler ofereça as mesmas sensações de pilotagem que uma bicicleta tradicional, tornando-a de fato o companheiro ideal para a cidade ou para desfrutar das estradas do país." 

Como toda Scrambler que se preze, a bike elétrica e-Scrambler traz muitos acessórios como o rack para transporte de bagagem, para-lamas, suporte, luzes de sinalização e pneus específicos da Pirelli.

O quadro é de alumínio e o motor Shimano Steps E7000 de 250 Watt com bateria de 504 Wh e pneus Pirelli Cycl-e GT garantem uma boa autonomia, garante a marca. O câmbio é fornecido pela Sram NX  (11 velocidades), assim como os freios de quatro pistões.

O e-Scrambler já está disponível em todos os revendedores Ducati e no site Ducati.com a um preço final de 3.699 euros (R$ 22,5 mil), com imposto e frete adicionados e o bônus do governo deduzido.  

Galeria: e-Scrambler Ducati