Lançamento de 20 novos veículos elétricos irá ocupar toda a capacidade das fábricas nos EUA

  • GM provavelmente terá que expandir a linha de produção elétrica além dos EUA
  • Ainda não foram definidos quais modelos seriam produzidos no México

A estratégia de eletrificação da GM pode levar a marca a produzir carros elétricos no México nos próximos anos, de acordo com a notícia publicada recentemente pelo Automotive News. O plano de lançar 20 veículos elétricos até 2023 irá demandar amplas modernizações de suas fábricas nos Estados Unidos, que terão que lidar com uma produção cada vez maior desse tipo de veículo.

Muitos analistas do setor acreditam que a marca norte-americana irá modernizar a sua fábrica de Ramos Arizpe, no México, para começar a produzir carros elétricos a partir de 2023. No local, a empresa produz atualmente os modelos Chevrolet Blazer e o Equinox. "A palavra está ganhando cada vez mais peso sobre as mudanças no México", disse o vice-presidente da AutoForecast Solutions, Sam Fiorani, em uma entrevista recente.

Galeria: Fábrica do Chevrolet Bolt - GM Orion Plant

Nesse movimento, a GM já começou a modernizar a fábrica de Detroit-Hamtramck para produzir a linha de elétricos GMC Hummer, o carro autônomo Cruise Origin e a futura picape elétrica da Chevrolet, ainda não anunciada. Ao mesmo tempo, irá ampliar a linha de produção elétrica na fábrica em Orion Township, no Michigan, com o acréscimo do Cadillac Lyriq e do Chevrolet Bolt EUV, que se juntarão ao Chevrolet Bolt. 

No mais recente Relatório de Sustentabilidade de 2019, a GM revelou planos para 12 veículos elétricos, sendo cinco modelos da Cadillac. Nos próximos meses será revelado o GMC Hummer (picape e SUV), depois o SUV do Chevrolet Bolt e a nova picape elétrica da marca Chevrolet, com o porte aproximado ao de uma Silverado.

Galeria: Chevrolet Bolt - Testado no Brasil