Uma sequência de perguntas e respostas para lhe ajudar a entender melhor os veículos elétricos.

É cada vez maior a abordagem sobre veículos elétricos e eles já começam a ser realidade em nosso mercado. A tecnologia evoluiu bastante e temos os recursos para uma nova matriz energética dominar a mobilidade do transporte mundial, a energia elétrica.

Claro, que quando surge uma nova tecnologia, surgem dúvidas, mas a quem perguntar quando o assunto, apesar de novo, parecer ser tão básico? Resolvi preparar uma sequência de perguntas e respostas para lhe ajudar a entender melhor os veículos elétricos.

Existe diferença entre um veículo 100% elétrico e um híbrido? Sim. O veículo 100% elétrico possui apenas motores elétricos que são alimentados pelas baterias, enquanto um híbrido possui dois tipos de motores: um elétrico e um a combustão.

Como funciona a regeneração de energia? A regeneração ou recuperação de energia funciona da seguinte forma: ao remover o pé do acelerador, o motor deixa de consumir e passa a gerar energia. Em alguns modelos podemos encontrar níveis de recuperação de energia: sem resistência, então o motor funciona na “banguela”; leve, o motor apresenta uma leve resistência recuperando um pouco de energia para a bateria; resistente, quando o motor apresenta uma maior resistência, recuperando mais energia para a bateria.

É perigoso lavar um veículo elétrico? Irei receber uma descarga elétrica? Não há nenhum risco de receber uma descarga elétrica ao lavar um veículo elétrico.

Posso utilizar um veículo elétrico quando está chovendo? Sim, o veículo é totalmente isolado, e tanto o motorista como os outros ocupantes estão totalmente seguros.

Mercedes EQC eletrico Brasil

Veículo elétrico faz algum ruído? Os veículos elétricos são extremamente silenciosos. O som mais perceptível para os passageiros é aquele gerado pelo rolamento do pneu no asfalto, porque o motor elétrico praticamente não produz nenhum tipo de ruído.

E como é o desempenho de um veículo elétrico para aclives muito acentuados? Excelente. Os veículos elétricos têm grandes vantagens uma vez que não têm perda de torque por fluxo de calor como acontece com motores a combustão.

O veículo elétrico é mais resistente à água que um veículo à combustão? Não. Um veículo elétrico possui as mesmas características de vedação que um modelo à gasolina. Em caso de enchente, a recomendação é não enfrentar o ponto de alagamento para qualquer tipo de veículo.

Caso necessário, o reboque do carro é realizado de forma convencional ou há algum procedimento diferente? Se a bateria descarregar é possível rebocar de forma convencional, como em um guincho ou plataforma.

Carros elétricos atraem raios? Não. Carros elétricos não atraem raios.

O que rende mais: um tanque cheio de combustível ou uma bateria 100% carregada? Veículos elétricos são mais eficientes do que veículos a combustão. Em palavras simples: 100 km em um veículo elétrico podem ser alcançados com aproximadamente 20 kWh e os mesmos 100 km no motor a combustão deve consumir cerca de 10 litros de gasolina. Neste sentido, será necessário checar o valor do kWh da sua cidade e o valor do combustível para se chegar a uma resposta mais precisa. Em linhas gerais a economia fica em torno de 70% para o veículo elétrico.

O que faço ao viajar longas distâncias? Onde recarrego o veículo elétrico? As montadoras e empresa de energia estão trabalhando no desenvolvimento de uma rede de recarga ultrarrápida. Serão no total 30 pontos de recarga de no mínimo 150 kW. Essa será a maior e mais potente rede para veículos elétricos da América Latina.

Os fabricantes também estão desenvolvendo parcerias com algumas localidades (shopping, hotéis, restaurantes, clubes, etc.) para viabilizar a instalação de carregadores AC. O veículo também pode ser conectado a qualquer tomada do país e recarregar – neste caso é esperado que o tempo de recarga seja mais demorado, portanto é importante um planejamento prévio da viagem.

Chevrolet Bolt Teste BR
Motor elétrico - Chevrolet Bolt

Qual o fator que mais influencia na autonomia? O principal fator que influencia a autonomia do veículo é o comportamento do motorista ao dirigir e neste caso aqui também vale a comparação com veículos à combustão. Dirigir de forma mais “agressiva” irá consumir mais bateria do veículo.

Por que o veículo está mostrando 300 km de autonomia se a bateria está cheia? Baseado no comportamento do motorista ao dirigir o veículo automaticamente calcula qual seria a autonomia esperada de acordo com o histórico. Muito similar com já acontece com os veículos convencionais, com motores de combustão interna.

É possível rebocar um trailer com um carro elétrico? Sim. Assim como um veículo convencional, um carro elétrico pode rebocar um trailer desde que tenha capacidade para isso. Importante considerar que, ao carregar mais peso, o esforço será maior e, consequentemente, a autonomia será menor.

Quanto aumentará minha conta de energia elétrica ao carregar um veículo elétrico na minha casa? Depende de qual é o consumo do cliente atualmente. Se você recarregar o equivalente a uma bateria por semana você estará consumindo 95 kWh, ou seja, no total serão 380 kWh para carregar o veículo durante quatro semanas. É importante frisar que o aumento do consumo de energia residencial deve ficar muito distante do custo pago pelo cliente para abastecer o veículo com gasolina.

Em grandes congestionamentos, há risco de o veículo ficar sem bateria? Em um congestionamento existe um consumo mínimo da bateria para manter os equipamentos de conveniência e entretenimento em funcionamento, como ar-condicionado, sistema de som, faróis, etc. O risco de ficar sem energia é equivalente a ficar sem combustível. Neste caso a grande vantagem é que os motores elétricos são mais eficientes e não consome combustível como ocorre em um veículo à combustão.

Nissan Leaf - Brasil

Posso recarregar um veículo elétrico em casa? Sim, para a maioria dos proprietários de carros elétricos esta é a solução mais comum.

Quanto tempo demora em carregar um veículo em uma estação de recarga rápida? Considerando uma estação de recarga rápida de 150 kW levam-se aproximadamente 30 minutos para uma recarga de 0% a 80% da bateria.

Existe uma forma de carregar um veículo elétrico sem uma fonte externa de energia? Veículos elétricos precisam de uma fonte externa de energia para carregar. O sistema de recuperação de energia colabora na geração de energia quando o veículo está em movimento.

É possível pôr um veículo elétrico (BEV) a trabalhar com bateria auxiliar? Em um veículo elétrico (BEV) é proibido utilizar auxílio de arranque e pôr a trabalhar com bateria auxiliar. O veículo não pode receber nem dar auxílio de arranque. Em caso contrário são possíveis danos graves na eletrônica.

Devo esperar até que a bateria do carro descarregue para recarregá-la? Não é necessário esperar que a bateria do veículo se descarregue por completo para realizar uma recarga. As baterias de lítio em veículos elétricos se beneficiam de cargas parciais e não perdem autonomia executando pequenos intervalos de recarga.

Até quanto devo carregar um veículo elétrico? Para uso diário e pequenas distâncias, recomendamos ajustar o nível de carga para 80%. Para viagens de longas distâncias, recomendamos ajustar o nível de carga para 100%, visando maior autonomia. Tudo isso pode ser controlado através de aplicativo no celular.

O que faço se a bateria do meu veículo ficar sem carga? Assim como no caso de pane seca para veículos a combustão, caso a bateria do veículo elétrico tenha sua carga esgotada, a melhor opção é chamar o guincho para transportar o veículo até um local para efetuar uma recarga.

A manutenção de um veículo elétrico é mais barata? A manutenção de um veículo elétrico é mais barata do que veículos a combustão. Uma vez que não é necessário substituir elementos como filtro de óleo, filtro de ar, velas de ignição ou óleo do motor, a manutenção é basicamente para calibração e inspeção dos sistemas elétricos do veículo.

Quanto tempo preciso para carregar o veículo elétrico? Depende da potência e tipo do carregador além da infraestrutura que atende a este carregador. Alguns modelos permitem uma recarga de até 11 kW por hora em carregadores AC. Já para carregadores DC a potência máxima de recarga pode ser de 150kW. O mais comum é que o cliente consiga ter em casa um carregamento de aproximadamente 7,2 kW, sendo possível completar o carregamento de 0% a 100% em aproximadamente 13 horas. No entanto, é muito importante frisar que o cliente pode carregar o veículo diariamente.

Um exemplo interessante é o caso do cliente que roda 40 km/dia. Em um carregador AC de 7,2 kW será necessário cerca de 1h15 para “completar” a bateria. Caso o carregador tenha 3,6 kW será necessário o dobro do tempo, ou seja, 2h30. Mesmo em uma tomada residencial 220 V é possível em cerca de 4 horas “completar” a bateria.

Fotos: divulgação e arquivo Motor1.com 

Tarcisio Dias é profissional e técnico em Mecânica, além de Engenheiro Mecânico com habilitação em Mecatrônica e Radialista, desenvolve o site Mecânica Online® que apresenta a única área de cursos online sobre mecânica na internet, uma oportunidade para entender como as novas tecnologias são úteis para tornar os automóveis cada vez mais eficientes.

Galeria: Audi e-tron (BR)