Montadora diz que pode atingir o patamar de 1,5 milhão de veículos por ano antes do esperado.

Em que pese a troca de elogios e o recente encontro entre os CEOs da Tesla e Volkswagen, sabemos que são duas empresas concorrentes e que irão disputar cada espaço do segmento de veículos elétricos. Acelerando como pode, a 'marca do povo' acredita que irá alcançar a capacidade de produção da montadora de Elon Musk antes do esperado.

De acordo com o chefe do sindicato dos trabalhadores da Volkswagen, a empresa poderá atingir uma capacidade de produção de 1,5 milhão de veículos elétricos até 2023, ou mesmo antes. Além disso, Bernd Osterloh, chefe do Conselho de Trabalho da empresa, disse ao site alemão Welt que acredita que a marca alcançará a capacidade de produção planejada da Tesla até 2023:

"Se a Tesla construir três fábricas nas quais você possa construir entre 300.000 e 500.000 carros, estaremos falando de um número entre 900.000 e 1,5 milhão. Queremos alcançar isso em 2023, provavelmente antes".

Galeria: Volkswagen ID.3 - Reino Unido

Por outro lado, a Tesla, com suas fábricas de Fremont e a Gigafactory de Xangai, tem duas das maiores linhas de produção de veículos elétricos do mundo. E em breve chegará o reforço da Gigafactory em Berlim, que elevará a produção total da empresa norte-americana para algo entre 1 milhão e 1,5 milhão de unidades anuais já em 2021 - a atual capacidade de produção anual é de 690.000 unidades. 

A Volkswagen é uma das montadoras com o ritmo mais acelerado em termos de eletrificação, com a rápida conversão das fábricas de veículos a combustão para a mobilidade elétrica. Só na Alemanha são três unidades em processo de transformação: Zwickau, Emden e Dresden. A marca também já está produzido veículos elétricos na China e está construindo uma nova fábrica para produzir o ID.4 nos Estados Unidos, em Chattanooga no Tennessee. 

No entanto, ainda não é possível dizer com certeza se a VW realmente irá superar a produção da Tesla em um período tão curto. O fato é que as duas empresas estão se mexendo mais depressa rumo à eletrificação que a maioria das montadoras (a Tesla com seu pioneirismo e a VW com sua capacidade de produção) e certamente ocuparão um lugar de protagonismo por um bom tempo.