SUV elétrico estreia como o modelo mais barato da linha de veículos EQ

Depois de muitos teasers e flagras, alguns bem reveladores, o novo Mercedes-Benz EQA 2021 finalmente foi revelado de forma oficial. Conforme antecipado, o SUV elétrico 'irmão' do nosso conhecido GLA chega ao mercado como o modelo de entrada da linha de veículos elétricos EQ da Mercedes.  

Apesar de totalmente novo, o EQA 2021 apresenta como característica o fato de ser construído sobre a arquitetura MFA2, a mesma utilizada pelo GLA. No entanto, há uma diversidade de componentes dedicados ao modelo eletrificado por questões de aerodinâmicas.

Em termos de visual, como esperado, ele fica no meio termo entre o GLA e o elétrico EQC, ostentando a característica grade frontal na cor preta integrada aos faróis full LED unidos por uma faixa na parte superior. Um padrão que se repete na traseira, que conta com lanternas com LEDs. 

Galeria: Mercedes-Benz EQA 2021

Medindo 4,46 metros de comprimento, 1,83 metro de largura e 1,62 metro de altura com entre-eixos de 2,72 metros, o EQA tem um porta-malas com 340 litros de capacidade (são 435 litros no GLA). O SUV elétrico pode ser equipado com rodas de até 20 polegadas e acabamentos em dois ou até três tons. 

O modelo possui suspensão dianteira tipo McPherson e traseira multi-link em todas as versões, com molas de aço, embora amortecedores adaptativos estejam disponíveis como opcionais. 

Mercedes-Benz EQA

Trem de força 100% elétrico

Ele será lançado inicialmente na versão EQA 250, que está equipada com um motor elétrico assíncrono de 140 kW (190 cv) de potência e 38,2 kgfm de torque máximo. Com tração dianteira, o SUV elétrico pode acelerar de 0 a 100 km/h em 8,9 segundos e alcançar a velocidade máxima de 160 km/h (limitada eletronicamente).

O EQA 250 possui arquitetura elétrica de 420 V e tem um consumo médio declarado de 17,7 kWh/100 km. A bateria de íons de lítio tem 66,5 kWh úteis e promete autonomia de 426 km pelo ciclo WLTP. Como esperado em um veículo elétrico, está disponível a frenagem regenerativa que tem a comodidade de possuir ajuste em vários níveis.

Mercedes-Benz EQA

De série, o utilitário está disponível um carregador de bordo de 11 kW e pode ser carregado com corrente alternada em 5 horas e 45 minutos, embora também ofereça a possibilidade de carregamento rápido (CCS), com corrente contínua e até 100 kW de potência. Neste caso, o tempo para uma recarga de 10 a 80% leva cerca 30 minutos - a garantia é de 8 anos ou 160 mil quilômetros para a bateria.

Posteriormente, será lançada uma versão 4MATIC com tração nas quatro rodas e um motor elétrico adicional no eixo traseiro. Nesse caso, a potência será de 200 kW (272 CV) ou mais, além do que, também haverá uma versão com maior autonomia, que promete rodar mais de 500 km com uma carga pelo padrão WLTP.

Mercedes-Benz EQA - console

Interior

Quem está acostumado com o GLA não vai estranhar nem um pouco a cabine do GLA, embora o quadro de instrumentos seja totalmente diferente para o modelo 100% elétrico. O sistema MBUX da Mercedes está disponível com duas telas de 7,0", ou duas de 10,25" (opcional), e inclui um navegador, um Head-Up Display colorido e um assistente de voz, entre outras comodidades.

Os detalhes de acabamento interno podem ser em madeira, na cor marrom, em preto ou alumínio. Os acabamentos Electric Art e AMG Line agregam componentes exclusivos na cabine, como detalhes em ouro rosa, revestimento em couro ou iluminação nas soleiras das portas.

Falando de tecnologia, os destaques ficam por conta do navegador inteligente, capaz de calcular rotas levando em conta as estações de recarga ou a situação do trânsito, ou a pré-climatização da cabine, disponível através do aplicativo Mercedes me do sistema MBUX do próprio veículo.

Mercedes-Benz EQA - 3/4 perfil

Estão disponíveis assistentes de condução, como assistente de permanência em faixa ativo, frenagem automática de emergência, controle de cruzeiro adaptativo, reconhecimento de sinais de trânsito e alerta de ponto cegos, entre outros.

Futuro elétrico

Enquanto prepara a estreia do seu carro-chefe, o refinado EQS, a Mercedes segue ampliando sua gama de elétricos com modelos como o EQA, que ainda não desfruta de uma plataforma dedicada, mas parece ter bons atributos. Se a receita é adequada? O mercado vai responder em breve.

O EQA 250 será lançado na Alemanha com preço inicial de 47.540 euros (R$ 308.900) (nos demais mercados ainda não há preço divulgado) ao mesmo tempo em que a marca premium alemã irá oferecer a tradicional Edition 1 de lançamento durante o primeiro ano de vendas do SUV elétrico.