Ralf Brandstatter, CEO da divisão de automóveis, surpreende ao admitir a possibilidade de uma versão aberta

E se o Volkswagen ID.3 também se tornasse um conversível? Isso nunca foi anunciado, mas Ralf Brandstatter, chefe da divisão "automóveis de passageiros" da empresa, fala sobre uma versão cabriolet do seu carro elétrico no LinkedIn.

E se é o 'chefe' quem diz isso, não podemos dizer que se trata de um rumor sem fundamento. Claro, a Volkswagen pretende expandir significativamente a gama elétrica e os modelos da família ID: 8 deles chegarão até 2023. Também é verdade, porém, que a Casa havia dito que queria abrir mão de nichos para focar em grandes volumes (fazendo "vítimas", como por exemplo, o ID. Buggy). Então, o ID.3 Cabrio será feito? 

Galeria: Volkswagen ID.3 Cabriolet

Enquanto isso, já existe um esboço mostrando seu visual. E depois, há as próprias palavras de Brandstatter: "Parece bastante atraente - diz ele - curtir a natureza com o teto abaixado, com propulsão elétrica e envolto em silêncio". Resumindo, um ID.3 aberto poderia "transmitir uma sensação de liberdade completamente nova".

Brandstatter, também em seu discurso, continua afirmando que ficaria tentado a realmente colocar um ID.3 conversível em produção. E explica que ele e seus designers estão trabalhando para ver se há uma maneira de tornar o carro real. Não apenas isso: a equipe de design já teria indicado as diretrizes iniciais para a viabilidade do modelo. Um anúncio que pelas modalidades não lembra nem um pouco o Elon Musk, para o qual a indústria - e a Volkswagen - olha com curiosidade crescente.

Até agora, por falar em gama ID, tudo foi levado em consideração, exceto um conversível. A notícia, portanto, gera um rebuliço danado. Depois do ID.3, um sedã do segmento C, e do ID.4, que é um SUV, a Casa já explicou que tem outros modelos em mente.

Do ID.5 (SUV-coupé) ao ID.6, ainda um SUV, mas com 7 assentos. Em seguida, haverá a perua, derivada do conceito ID Space Vizzion, a família de minivans baseada no ID. BUZZ e, posteriormente, o tão esperado ID.2, também na plataforma MEB, que também pode chegar mais cedo do que o esperado.

Siga o InsideEVs Brasil no Twitter

Siga o InsideEVs Brasil no Facebook

Siga o InsideEVs Brasil no Instagram

Galeria: Volkswagen ID.3 (2020) - impressões ao dirigir