O mercado de elétricos da Índia é pequeno, mas pretende ser um centro de exportação

De acordo com relatórios recentes, a Índia está disposta a oferecer incentivos à Tesla para garantir que os custos de produção no país sejam menores do que atualmente na China . O ministro dos Transportes da Índia, Nitin Gadkari, compartilhou o plano com a Reuters.

Curiosamente, a oferta do ministro veio logo após o CEO da Tesla, Elon Musk, registrar a Tesla como uma empresa na Índia. Relatórios sugerem que a montadora elétrica americana se mudará para a Índia já em meados deste ano. Outras fontes apontam para a Tesla importando e vendendo veículos Modelo 3 pela primeira vez na Índia. Gadkari compartilhou em uma entrevista:

"Em vez de montar (os carros) na Índia, eles deveriam fabricar todo o veículo no país, contratando fornecedores locais. Assim, poderemos dar concessões maiores."

"O governo garantirá que o custo de produção da Tesla seja o mais baixo em comparação com o mundo, até mesmo a China, quando eles começarem a fabricar seus carros na Índia. Vamos garantir isso."

Galeria: Tesla Gigafactory 3

À medida que a corrida global de carros elétricos acelera, e não é apenas entre a Noruega e os Estados Unidos, a Índia, assim como muitos outros países, está trabalhando para garantir seu futuro. Ele quer aumentar a produção local de VEs e baterias, entre outros componentes relacionados a veículos elétricos.

Dito isto, a Índia ainda está muito atrás de outros grandes mercados quando o assunto são os carros elétricos. Reportagem da Reuters:

"O incipiente mercado de VEs da Índia foi responsável por apenas 5.000 de um total de 2,4 milhões de carros vendidos no país no ano passado com infraestrutura de carregamento insignificante e o alto custo dos VEs dissuadindo os compradores."

Enquanto isso, a China foi responsável por mais de um terço das vendas globais da Tesla em 2020. Cerca de 1,25 milhão de veículos de passageiros de "new energy" foram vendidos no país asiático somente em 2020.

Siga o InsideEVs Brasil no Twitter

Siga o InsideEVs Brasil no Facebook

Siga o InsideEVs Brasil no Instagram