Veículo elétrico voador está sendo desenvolvido no país e se destina ao transporte de passageiros nas grandes cidades

Em um vídeo divulgado nesta semana, a Embraer X, divisão de inovação da empresa aeronáutica, mostrou as primeiras imagens de testes com o protótipo do que podemos chamar de táxi aéreo voador ou veículo elétrico de decolagem e pouso vertical (eVTOL).

O 'táxi voador' tem propulsão elétrica e está sendo desenvolvido pela Eve Urban Air Mobility Solutions, Inc. (Eve), uma empresa nova e independente que está aproveitando a expertise da Embraer e da Atech, uma subsidiária do Grupo Embraer, no fornecimento de softwares de gestão de tráfego aéreo, para se dedicar a desenvolver o ecossistema da Mobilidade Aérea Urbana (UAM).

Galeria: Embraer 'carro elétrico voador'

Sua abordagem integra inovação disruptiva, filosofia centrada no usuário e os mais altos níveis de segurança com os 50 anos de experiência da Embraer:

"Criamos veículos altamente confiáveis ​​com custo operacional mínimo e integramos perfeitamente nossos serviços e soluções de suporte. Nossa cabine universal está sendo co-criada com a contribuição de usuários que representam todos os tipos de perfis e necessidades; garantindo acessibilidade para todos."

eVTOL

Controlado de forma remota, o protótipo ainda está em fase de desenvolvimento e não possui capacidade para transportar pessoas. No futuro, porém, a expectativa é que a versão final tenha um piloto e possa transportar passageiros dentro das grandes cidades para ajudar a reduzir o trânsito e a poluição - uma fase mais avançada prevê que o controle do 'táxi voador' seja totalmente autônomo. 

Adotando uma aparência futurista, o protótipo tem um design que remete a um drone gigante ou a helicópteros de controle remoto e possui dez hélices movidas por motores elétricos e pode, eventualmente, receber dois rotores para melhorar a navegação nas próximas fases do projeto.  

O protótipo em tamanho reduzido fez a primeira decolagem na sede da Embraer em Gavião Peixoto (SP). Assista ao vídeo: 

Siga o InsideEVs Brasil no Twitter

Siga o InsideEVs Brasil no Facebook

Siga o InsideEVs Brasil no Instagram