Carros elétricos e híbridos plug-in alcançaram 13,6% de participação no mercado

Em fevereiro de 2021, o carro elétrico mais vendido na Europa foi o Tesla Model 3. O carro norte-americano encerrou o mês com 5.405 registros ao todo nos 27 mercados da União Europeia.

De acordo com a Jato Dynamics, o best-seller de Elon Musk atingiu um crescimento substancial de 55% na comparação com o mesmo mês de 2020, mesmo enfrentando a concorrência de dois rivais ferozes como o Volkswagen ID.3 (3.557 unidades) e o Renault Zoe (3.547 unidades), respectivamente segundo e terceiro, com apenas 10 carros de diferença! 

Volkswagen ID.3 - Reino Unido

10 carros elétricos mais vendidos

Abaixo do pódio encontramos o Peugeot e-208, que confirma com o seu quarto lugar a sua crescente popularidade entre os carros elétricos, tendo conseguido, com as variantes a combustão, alcançar o primeiro lugar entre os mais vendidos na Europa.

O quinto lugar é ocupado pelo Kia e-Niro, que está à frente do Volkswagen e-up!, do Hyundai Kona Electric e do elétrico Fiat 500, que, além do sucesso (quase) óbvio no mercado italiano, se destaca como um dos carros mais populares do continente. O smart fortwo e o Peugeot e-2008 fecham o top 10.

Marca/modelo Emplacamentos/fevereiro 2021 Variação fevereiro/2020
Tesla Model 3  5.405 +55%
Volkswagen ID.3 3.557 -
Renault Zoe 3.547 -45%
Peugeot e-208 3.047 -13%
Kia e-Niro 2.642 +72%
Volkswagen e-up! 2.541 +68%
Hyundai Kona Electric 2.496 +28%
Fiat 500e 2.153 -
Smart fortwo 2.012 +113%
Peugeot e-2008 1.992 -

Eletrificação em alta

Olhando para os números globais, o mercado europeu em fevereiro de 2021 contraiu 20% em relação ao ano passado, mas os carros ecológicos (elétricos e híbridos plug-in) continuaram a crescer e fecharam o mês com um aumento substancial de 67%, com 115.000 registros.

Em termos de participação, em um ano, os carros eletrificados passaram de 6,5% em fevereiro de 2020 para 13,6% em fevereiro de 2021. Na Noruega, chegaram a 79%. Esses resultados também são decorrentes do fato de todas as marcas aumentarem significativamente a participação do veículo elétrico a bateria e do PHEV (híbrido plug-in) no mix de vendas. 

A Tesla, é claro, também está no topo deste ranking, já que possui apenas carros com emissão zero em sua linha. Mas os resultados da Jaguar Land Rover, que ultrapassou os 30%, ou da Mercedes e BMW, para os quais um em cada quatro carros agora tem capacidade de ser recarregado com energia elétrica, também impressionam. 

Percentual de eletrificação por montadora:

  • Tesla: 100%
  • Geely: 45%
  • Jaguar Land Rover: 31%
  • Daimler: 27%
  • BMW: 24%
  • Hyundai: 16%
  • Média europeia: 14%
  • Renault - Nissan: 12%
  • Grupo Volkswagen: 11%
  • Stellantis: 9%
  • Ford: 5,7%
  • Honda: 3,7%
  • Toyota: 3,6%
  • Mazda: 3,3%
  • Subaru: 0,9%
  • Suzuki: 0,0%

Siga o InsideEVs Brasil no Twitter

Siga o InsideEVs Brasil no Facebook

Siga o InsideEVs Brasil no Instagram

Galeria: Tesla Model 3 - Europa