Segundo a Reuters, a joint venture FAW-Volkswagen comprou créditos de emissões da montadora de Elon Musk

Um matéria publicada pela Reuters afirma que uma das joint ventures com a Volkswagen na China comprará créditos de "carro verdes" da Tesla. A medida é aparentemente necessária para cumprir as regras ambientais no país asiático. No entanto, é importante observar que a notícia veio de fontes anônimas familiarizadas com o assunto, enquanto a VW se recusou a fazer qualquer comentário até o momento.

A Reuters define este acordo como "o primeiro do tipo a ser relatado entre as duas empresas na China". A publicação também aponta o grande empreendimento que a Volkswagen tem pela frente, já que trabalha para desafiar e até mesmo superar a Tesla como líder mundial em carros elétricos, embora possa ter que recorrer à ajuda da Tesla por enquanto.

Galeria: Volkswagen ID.4 - lançamento na China

Enquanto a Volkswagen está promovendo seus futuros esforços na transição energética, ela não avançou com a eletrificação em grande escala na China, pelo menos não por enquanto. Na verdade, a maioria dos esforços do Grupo Volkswagen na China ainda se baseiam em veículos de combustão interna. Enquanto isso, a Tesla já construiu uma fábrica no país e está produzindo veículos elétricos para clientes locais e mercados globais.

A China pressiona as montadoras a "tornarem-se verdes" por meio do uso de créditos, de forma semelhante ao que acontece na União Europeia. Essencialmente, as montadoras obtêm créditos pela produção de carros mais limpos ambientalmente. Se optarem por continuar produzindo bebedores de gasolina, terão de comprar créditos de montadoras mais limpas.

Para ajudar sua joint venture a cumprir a meta, a Volkswagen concordou em comprar créditos da Tesla. O empreendimento em questão é a FAW-Volkswagen, com sede na China. O número de créditos necessários no momento é desconhecido, mas fontes disseram que cada crédito será vendido por 3.000 yuans (R$ 2.608), o que é considerado alto com base em transações anteriores.

A Volkswagen apenas disse que compraria créditos se fosse necessário, mas que está "estrategicamente visando ser autossuficiente". A Tesla não respondeu aos questionamentos. 

As montadoras nos Estados Unidos geralmente compram créditos semelhantes da Tesla, o que ajuda o fluxo de receita da montadora de Elon Musk. Matérias afirmam que as montadoras não precisarão continuar comprando créditos da Tesla no futuro, já que estarão produzindo seus próprios carros elétricos. No entanto, isso ainda não se tornou o caso. Parece que os rivais precisarão continuar comprando créditos da Tesla em vários mercados por algum tempo ainda.

Siga o InsideEVs Brasil no Twitter

Siga o InsideEVs Brasil no Facebook

Siga o InsideEVs Brasil no Instagram