A Nissan compartilha com a Santa Sé a ambição de atingir a neutralidade de carbono

O Vaticano também está comprometido com metas de sustentabilidade e já iniciou sua transição para a mobilidade elétrica. Em comunicado, a Nissan confirma a entrega de uma unidade do Nissan Leaf 100% elétrico à cidade-estado, que simboliza a ambição compartilhada das duas organizações para atingir a neutralidade de carbono.

O exemplar do Nissan Leaf totalmente elétrico destinado à Santa Sé foi entregue ao Cardeal Giuseppe Bertello, Presidente do Governo da Cidade-Estado do Vaticano e Presidente da Comissão Pontifícia da Cidade-Estado do Vaticano.

Galeria: Nissan Leaf comemora 10 de mercado

Esta doação acontece após o lançamento da plataforma de ação Laudato si', que visa tornar as instituições católicas ambientalmente sustentáveis dentro de sete anos. A plataforma remete ao nome da encíclica papal de 2015, cujo tema é o meio ambiente.

Durante a entrega das chaves do Nissan LEAF na cor branca, em cerimônia especial no Vaticano, Marco Toro, Diretor Geral da Nissan na Itália, comentou:

"Em nome da Nissan, tenho a honra de apoiar a Santa Sé em sua jornada rumo à descarbonização de suas atividades, uma meta que é compartilhada pela Nissan".

Produzido na fábrica inglesa de Sunderland, o Nissan Leaf destinado aos mercados europeus está disponível atualmente com dois tamanhos de bateria. Junto com o recém-lançado Nissan Ariya, o modelo ajudará a Nissan a avançar com sua meta de eletrificação, onde 75% das vendas na Europa serão de carros eletrificados em 2023. 

"Estamos trabalhando para que 75% de nossas vendas na Europa sejam eletrificadas até 2023, com uma linha de veículos 100% elétricos até os anos 2030. Para isso, contamos com o legado do Nissan LEAF, o primeiro veículo elétrico no mundo a ser comercializado em massa, que já conta com 530 mil unidades em circulação, permitindo economizar mais de 2,8 milhões de toneladas de CO2 em todo o mundo."

O Nissan Leaf está equipado com um motor elétrico de 149 cv que permite acelerar de 0 a 100 km/h em 7,9 segundos e alcançar a velocidade máxima de 144 km/h. Já as baterias, garantem autonomia de até 389 km pelo padrão europeu WLTP. 

Siga o InsideEVs Brasil no Twitter

Siga o InsideEVs Brasil no Facebook

Siga o InsideEVs Brasil no Instagram