Porsche, Rimac e Bugatti criam a Bugatti-Rimac, controlada pelo CEO da empresa croata de hipercarros elétricos

Agora é oficial. Porsche e Rimac anunciaram nesta segunda-feira (5) um acordo pelo qual a Bugatti passa a ser controlada por pelo recém-criado 'Rimac Group', uma joint venture liderada por Mate Rimac que envolve as três marcas e que anuncia um novo fabricante de hipercarros batizado de Bugatti-Rimac

O futuro da Bugatti vem sendo especulado há um tempo, e já se falava que a fabricante de hipercarros se uniria a uma startup de carros elétricos. A Bugatti-Rimac, que estabelece sua sede em Zagreb, Croácia, iniciará suas operações até o final do ano.

Galeria: Bugatti-Rimac - a nova joint venture de hipercarros

Fundada em 2009, a Rimac vem ganhando cada vez mais projeção. A empresa croata é mais conhecida por seus hipercarros totalmente elétricos, especialmente o Concept_One, indiscutivelmente o primeiro hipercarro totalmente elétrico e, mais recentemente, o novo Concept_Two  (C_Two), agora Nevera.

Com a chegada dos investimentos da Porsche, ficou mais evidente que a Rimac se preparava para acelerar cada vez mais sua transição para a eletrificação. A Rimac Automobili, por sua vez, está se dividindo em duas empresas: Rimac Automobili e Rimac Technology.

Embora a maior parte da parceria envolva a Bugatti e a Rimac, a Porsche terá um papel estratégico importante no empreendimento. O CEO da Porsche, Oliver Blume, e o vice-presidente Lutz Meschke, serão ambos membros do Conselho de Supervisão.

Veja abaixo como ficou a estrutura do novo empreendimento:

Bugatti-Rimac, a nova joint venture de hipercarros

 

Mate Rimac vai liderar a nova empresa. Como CEO do Grupo Rimac, ele dirigirá a Bugatti Rimac e a nova divisão, Rimac Technology. Bugatti e Rimac continuarão como respectivas marcas separadas, mantendo as instalações de produção e canais de distribuição existentes. Bugatti Rimac representa a empresa que vai desenvolver o futuro dos veículos Bugatti e Rimac, unindo recursos e expertise em pesquisa e desenvolvimento, produção, entre outras áreas.

Mate Rimac
Mate Rimac, CEO do Rimac Group

Mate Rimac, fundador e CEO da Rimac declarou:

"Este é um momento realmente emocionante. A Rimac Automobili cresceu muito rapidamente e a joint venture está levando a empresa a um novo patamar. Bugatti e Rimac são uma combinação perfeita e ambas trazem valores essenciais: Nos firmamos como pioneira no setor de tecnologias elétricas, a Bugatti possui mais de um século de experiência no desenvolvimento de veículos de primeira classe e uma das tradições mais extraordinárias da história da indústria automotiva. Juntos combinamos nosso conhecimento, nossas tecnologias e nossos valores com o objetivo de avançar para o futuro para criar projetos muito especiais."

Todos os aspectos desse grande anúncio sugerem que a Bugatti sofrerá um grande impacto com essa mudança. A Bugatti-Rimac irá produzir inicialmente dois veículos como parte da nova parceria: o atual Chiron com motor W16 ainda sob a marca francesa, e o novo Nevera elétrico com um emblema Rimac. 

Mas por enquanto não foram divulgados muitos detalhes sobre os novos projetos da marca francesa de hipercarros. Maior grau de eletrificação, com mais modelos híbridos, híbridos plug-in ou até totalmente elétricos? Certamente. 

Siga o InsideEVs Brasil no Twitter

Siga o InsideEVs Brasil no Facebook

Siga o InsideEVs Brasil no Instagram