Fabricantes sul-coreanos já quadruplicaram a capacidade de produção entre 2016 e 2020

Os fabricantes sul-coreanos de baterias para carros elétricos irão investir pesadamente em P&D e expansão da capacidade de produção nesta década. O investimento combinado até 2030 deve chegar a 40,6 trilhões de won (US$ 35 bilhões), de acordo com o que foi apurado pela imprensa local.

Todo esse esforço em torno da transição energética recai quase que inteiramente sobre os três grandes concorrentes sul-coreanos: LG Chem/LG Energy Solution, SK Innovation e Samsung SDI.

LG

Eles expandiram a capacidade de produção de um total de 59 GWh anuais em 2016 para 217 GWh em 2020 e estão acelerando para níveis ainda mais altos. De acordo com a Bloomberg, os fabricantes sul-coreanos detêm um terço do mercado global de baterias para carros elétricos até agora neste ano (na verdade, nos primeiros cinco meses).

Essa é uma posição muito forte por um lado, mas a China e o Japão também têm fortes competidores nessa briga. Sozinha, a gigante chinesa CATL detém uma participação de 31% no mercado de mobilidade elétrica

Samsung SDI

A LG Energy Solution anunciou um investimento de 15,1 trilhões de won (US$ 13,1 bilhões) até 2030, incluindo 9,7 trilhões de won em P&D. A carteira de pedidos da empresa atualmente vale mais de 180 trilhões de won (US$ 157 bilhões).

A SK Innovation anunciou recentemente que, até 2030, gostaria de expandir sua capacidade de produção para mais de 500 GWh de energia anualmente. No caso da Samsung SDI, os planos provavelmente não são tão ambiciosos, mas ainda assim a empresa irá promover uma forte expansão em sua posição.

Espera-se que o mercado geral de baterias para carros elétricos cresça mais de 7 vezes, de US$ 46 bilhões em 2020 para US$ 352 bilhões em 2030, de acordo com a SNE Research. Essa é uma grande oportunidade de crescimento, mas que ao mesmo tempo requer altos investimentos de capital.

Os fabricantes que hoje têm uma grande participação de mercado basicamente têm que investir mais, porque permanecer passivos resultaria em rápida marginalização. O mercado de baterias requer o aumento de volume tanto quanto possível, o que permite aos fabricantes de baterias cobrirem enormes despesas de P&D em novas tecnologias.

Siga o InsideEVs Brasil no Twitter

Siga o InsideEVs Brasil no Facebook

Siga o InsideEVs Brasil no Instagram