Motor 1.0 EcoBoost com sistema híbrido leve, 125 cv e pouca sede de gasolina

Fora de linha do Brasil há mais de um ano, o Ford Fiesta é uma das poucas opções de carros compactos com propulsão híbrida leve na Europa. Para mostrar na prática os benefícios dessa nova versão, os nossos amigos do Motor1.com Itália colocaram o hatchback compacto à prova em um teste de uso diário, para ver se realmente essa tecnologia oferece bons resultados em consumo.

Recém-lançado na Europa, o Ford Fiesta híbrido leve, oficialmente denominado 1.0 EcoBoost Hybrid 125 cv está envolvido neste teste de consumo real em um percurso entre Roma e Forli, na Itália, com excelentes resultados. O consumo médio ficou em ótimos 4,15 l/100 km (24,1 km/l) e o custo total de gasolina na viagem foi de apenas 21,20 euros (R$ 135,37).

Galeria: Ford Fiesta - híbrido leve

Terceiro entre os híbridos leves a gasolina

Com a sua média de 24,1 km/l, o novo Ford Fiesta Hybrid chega ao Top 10 do ranking de consumo real, categoria de automóveis a gasolina, tornando-o um dos melhores híbridos leves entre todos os disponíveis no mercado.

O Fiesta com eletrificação "leve" teve o mesmo resultado que o novo Volkswagen Golf 1.5 eTSI Evo, e está muito próximo de um rival direto como o Suzuki Swift Hybrid, com 24,3 km / l e não muito distante do Fiat Panda Hybrid que domina o segmento com 25,6 km/l.

A título de comparação, vemos que este Fiesta híbrido leve consumiu um pouco mais do que o Ford Fiesta 1.0 EcoBoost sem a ajuda elétrica, mas com uma potência superior, que neste caso chega a 125 cv.

Ford Fiesta híbrido leve

Prático como as outras versões

O Ford Fiesta, também nesta variante com motor híbrido leve de 48 volts que melhora o consumo de combustível e as emissões, mostra-se um carro "pau pra toda obra" como sempre, fácil de dirigir e conviver, sendo a escolha de muitos clientes no últimos anos.

Agora existe a vantagem adicional da homologação como um carro híbrido, com as concessões locais relativas para estacionamento, circulação e imposto de circulação, sempre com os eficientes 125 cv do motor turbo a gasolina de três cilindros da Ford e a caixa manual de 6 velocidades. 

Ford Fiesta 2017

O preço do carro de testado, com o pacote ST-Line e quase todos as opcionais disponíveis na tabela de preços, atinge os 27.050 euros (R$ 172.700), mas com as promoções da Ford sempre ativas a cifra pode ficar bem abaixo disso.

Bebe pouco

Mesmo em condições normais de condução diária, no trânsito urbano, na rodovia ou em uso misto, o Ford Fiesta híbrido leve continua a ser comedido no consumo, com um reservatório de combustível de 42 litros que garante uma excelente autonomia com o tanque cheio.

Consumo em várias situações de condução

  • Tráfego urbano (Roma): 6,4 l/100 km (15,6 km/l)
    autonomia de 655 km
  • Misto urbano-extra-urbano: 5,0 l/100 km (20,0 km/l)
    autonomia de 840 km
  • Estrada: 5,7 l/100 km (17,5 km/l)
    autonomia de 735 km
  • Condução econômica: 3,4 l/100 km (29,4 km/l)
    1.234 km de autonomia
  • Consumo máximo: 19,5 l/100 km (5,1 km/l)
    autonomia de 214 km

O que diz o registro oficial

Modelo Propulsão Potência Aprovação Emissões de CO2
(NEDC)
Emissões de CO2
(WLTP)
Ford Fiesta 1.0 EcoBoost Hybrid 125 cv ST-Line Híbrido
(gasolina)
91,9 kW Euro 6d-ISC-FCM 92 g / km 117 g / km

Dados

Carro: Ford Fiesta 1.0 EcoBoost Hybrid 125 CV ST-Line
Preço básico: 22.150 euros (R$ 141.400)
Data do teste:  13/11/2020
Tempo (partida / chegada): Claro, 24 ° / Claro, 14 °
Preço do combustível: 1,419 euros/l - R$ 9,06/l (gasolina) 
Km de teste: 855
km total no início do teste: 3.538
Velocidade média no trecho Roma-Forlì: 79 km/h
Pneus: Michelin Primacy 4 - 205/45 R17 88V XL (etiqueta UE: C, A, 70 dB)

Consumo

Média "real": 4,15 l/100 km (24,10 km/l)
Computador de bordo: 4,0 l/100 km (25,0 km/l)
Na bomba: 4,3 l/100 k

Seu bolso

Despesa "real": 21,20 euros (R$ 135,37)
Despesa mensal: 47,11 euros - R$ 300,80 (800 km por mês)
Quanto faz com 20 euros: 340 km
Quanto faz com o tanque cheio: 1.012 km