Executivo acredita que a empresa que adotar tecnologias inovadoras mais rapidamente e em grande escala é quem vencerá a disputa

Até o momento, a Tesla tem aproveitado que está praticamente sozinha no segmento dos carros elétricos, já que as outras empresas oferecem poucas opções. Isso irá mudar nos próximos anos, já que as fabricantes estão investindo ainda mais nos EVs e uma delas já mira na liderança. Herbert Diess, CEO do Grupo Volkswagen, deu uma entrevista durante o Fórum Econômico em Davos (Suíça) e deixou claro que quer vencer a disputa contra a Tesla.

Galeria: Volkswagen ID.3

“é uma corrida em aberto”, disse Diess em uma entrevista à agência Bloomberg. “Estamos bem otimistas de que podemos manter o ritmo com a Tesla e, em algum momento, podemos ultrapassá-la”, afirma o comandante da Volkswagen. O primeiro passo real da VW neste segmento é o lançamento do ID.3, hatch elétrico que começa a chegar às ruas europeias ainda neste ano, desembarcando na China até o fim de 2020.

A disputa entre a Tesla e a Volkswagen tem esquentado nas últimas semanas. A fabricante de Elon Musk superou a Volkswagen em valor de mercado pela primeira vez nesta semana, algo notável já que ela vende apenas uma fração do que a VW comercializa e não registra um lucro anual desde que começou a operar. Os prejuízos não assustaram a empresa, pois ela trabalha em mais fábricas, uma delas em Berlim (Alemanha).

Estas ações já tem forçado a Volkswagen a agir. Diess fez uma reunião com os executivos da empresa para buscar uma forma de acelerar o lançamento dos carros elétricos e a adoção de novas tecnologias. “A empresa que for mais inovadora e adotar [novas tecnologias] mais rapidamente, mas que também tenha escala o suficiente para o novo mundo, irá vencer a corrida”, afirmou o executivo.

Galeria: VW ID.4 Prototype

Um dos grandes desafios da VW para superar a Tesla será conseguir espaço nos Estados Unidos. O ID.3 não será vendido no país, pois o foco será no futuro ID.4, um crossover elétrico um pouco maior do que o hatch e que deve ser revelado já em abril, durante o Salão de Nova York (EUA). A marca já tem planos de produzir o SUV na linha de montagem no Tennessee, onde são feitos o Atlas e o Passat.

Ainda há planos de oferecer outros modelos com carrocerias diferentes. Um dos carros planejados pela Volkswagen é um hatch de entrada, menor do que o ID.3 e que irá substituir o e-Up! no futuro, custando menos de 20 mil euros (cerca de R$ 92 mil). Outro que está na lista é um sedã elétrico baseado no conceito ID. Vizzion.