O que a VW pretende fazer com esse nome?

  • Versão de produção do Volkswagen ID Buzz chegará em 2022
  • O nome Samba já foi utilizado na versão de luxo da primeira geração da Kombi 

Uma palavra que tem tudo a ver com o Brasil, e-Samba, pode ser o nome da versão de produção do Volkswagen ID Buzz Concept, o estudo que antecipou a versão elétrica da lendária Kombi. Ainda não há nada oficial, mas o que sabemos é que a marca alemã solicitou o registro para esse nome e há alguma chance de que ele venha a ser utilizado.

Voltando um pouco ao passado, Samba foi o nome usado pela Volkswagen para batizar a versão mais luxuosa do seu T1 Transporter (primeira geração da da nossa conhecida VW Kombi). E como sabemos, esses veículos, fabricados nas décadas de 1950 e 1960, são altamente cobiçados nos dias de hoje.

Galeria: Volkswagen I.D. Buzz

Os Sambas mais raros e valiosos são os modelos de 21 e 23 janelas que são tão procurados que muitas pessoas estão adaptando os seus modelos de 11 janelas para se tornarem parecidos com a variante mais rara.

Por outro lado, ID Buzz é o que a Volkswagen chamou de conceito que visava evocar o espírito da Kombi original, mas com uma embalagem mais moderna. A reação do público a esse estudo de design foi extremamente positiva e o fabricante está pronto para colocá-lo em produção em 2022.

O conceito foi construído na nova arquitetura de veículos elétricos MEB da VW, tinha dois motores elétricos, um para cada eixo, que produziam 374 cavalos de potência combinados alimentados por uma bateria de 111 kWh. Embora essa configuração de alta potência tenha grande chance de ser mantida no modelo de produção, o fabricante também oferecerá variantes de tração traseira menos potentes com baterias menores também; poderia haver variantes de passageiros e de carga, já que a VW exibiu o ID Buzz Cargo Concept no LA Auto Show de 2018.

Há também uma grande chance de que o ID Buzz de produção não seja chamado e-Samba e tenha uma credencial ID.7, como o restante da família. O veículo definitivamente será um modelo da série ID, então, se realmente o chamarem e-Samba, seria um pouco estranho. A conferir.