Primeiro SUV elétrico da Nissan começa a ser vendido em 2021

  • Nissan Ariya fez sua estreia oficial em uma apresentação online nesta quarta-feira (15)
  • Primeiro SUV elétrico da marca se manteve fiel ao estilo do carro conceito
  • Autonomia declarada é de até 610 km na versão com tração dianteira
  • Preço sugerido para os EUA é de US$ 40 mil (R$ 213,7 mil)

Revelado como conceito funcional no Salão de Tóquio no ano passado, o novo Nissan Ariya 2021 faz sua estreia oficial em uma apresentação online no Japão nesta quarta-feira (15). Após vários teasers e muita especulação sobre a semelhança com o estudo, o primeiro SUV elétrico da Nissan representa um marco e alimenta grandes expectativas ao iniciar uma nova fase na história da marca japonesa. 

O CEO Makoto Uchida e o Diretor de Operações Ashwani Gupta apresentaram o Ariya a um público global durante um evento transmitido ao vivo no Nissan Pavilion em Yokohama, Japão.

Galeria: Novo Nissan Ariya 2021

"O Ariya, um modelo-chave no plano da Nissan de lançar 10 novos modelos em 20 meses, demonstra nosso compromisso em atender à demanda dos clientes por crossovers com tecnologias eletrificadas, automatizadas e conectadas mais avançadas", afirmou Gupta.

"A empresa espera que as vendas de seus modelos eletrificados de EVs e e-POWER sejam mais de 1 milhão de unidades por ano até o final de 2023. O Ariya desempenhará um papel significativo para atingir esse objetivo".

Nissan Ariya 2021 -10

Design

Visualmente não há surpresas: o modelo de produção tem design moderno e permanece fiel ao conceito apresentado no ano passado, como a própria Nissan prometeu. Estão presentes a enorme grade frontal, entradas de ar verticais e faróis estreitos com uma assinatura de luzes bem interessante.

O perfil lateral confirma as linhas fluídas, a adoção de maçanetas das portas convencionais e rodas (que podem ser de 19" ou 20") desenhadas para melhor desempenho aerodinâmico.

Amplo, ele é bem maior que um Kicks, por exemplo, e até mesmo que um Qashqai: mede 4.645 mm de comprimento e possui entre-eixos de 2.776 mm, o que garante o bom espaço interno.  

Interior

Agora podemos ver a cabine da versão de produção, que chama a atenção pelo painel preenchido pelas duas telas: sistema de entretenimento e quadro de instrumentos (ambas com 12,3"). Há poucos botões (as funções são em sua maioria configuradas na tela e por voz) e componentes como volante e seções do console também foram bastante inspirados no carro-conceito. Destaque também para os bancos com a tecnologia 'gravidade zero' e o porta malas que tem capacidade para 467 litros (413 para a versão com tração integral).

Nissan Ariya 2021 - 13

Tecnologia

Além de ser o primeiro utilitário com propulsão elétrica da marca, o Nissan Ariya também é uma vitrine das tecnologias mais recentes da montadora japonesa. O SUV elétrico contará com tecnologias como a Nissan Intelligent Mobility, o sistema de assistência ao motorista ProPILOT Assist 2.0 e também o e-Pedal, que permite ao motorista iniciar, acelerar e frear usando apenas o pedal do acelerador.

Outro item de série na linha Ariya é o Nissan Safety Shield 360, um conjunto de tecnologias de segurança que inclui a frenagem de emergência automática com detecção de pedestres, frenagem automática traseira, alerta de saída da pista, alerta de ponto cego, alerta de tráfego traseiro e assistente de farol alto. Também há a alerta de colisão frontal inteligente e outras funcionalidades.

Há uma interface que permite que os clientes usem a voz para ajustar as configurações do carro e o veículo ainda inclui a assistente Alexa da Amazon para ajudar os clientes a organizar tarefas. A conexão com as plataformas Apple CarPlay e Android Auto sem fio também está disponível. 

"A Nissan foi pioneira no mundo dos veículos elétricos de massa, há uma década, com o LEAF, estabelecendo o padrão para veículos elétricos acessíveis e de produção em massa. Nós não esperamos nada menos para o novo Nissan Ariya", disse Gupta.

Nissan Ariya 2021 -2

Propulsão elétrica

Construído sobre a plataforma CMF-EV da aliança Renault-Nissan-Mitsubishi, o novo Nissan Ariya também contará com o sistema de tração nas quatro rodas (opcional) criado para veículos elétricos e desenvolvido pela Nissan, e-4ORCE.

O sistema de propulsão contará com duas opções: a primeira possui um motor elétrico na dianteira com potência de 160 kW (217 cv) e torque de 30,5 kgfm, enquanto a segunda terá duas unidades elétricas para um total de 290 kW (394 cv) e 61,2 kgfm e tração integral e-4FORCE.

Tanto a versão com tração dianteira como o modelo de tração integral podem optar pelos pacotes de baterias de 63 kWh ou 87 kWh. A autonomia na versão com tração dianteira fica entre 450 km e 610 km, dependendo da bateria escolhida. Já com tração integral, este número fica entre 430 km e 580 km, segundo o ciclo de testes no Japão.

O novo Nissan Ariya está programado para começar a ser vendido no Japão até meados de 2021, com lançamento nos EUA previsto para o final do ano que vem e preço estipulado na faixa de US$ 40.000 (R$ 213.700). A partir de 2022, o SUV elétrico chegará a outros mercados como a Europa.