Cotada para o Brasil, versão de produção do ID. Buzz chegará ao mercado até 2022.

Disposta a se tornar a líder global em mobilidade elétrica, a Volkswagen acelera o passo e anuncia a conversão de mais uma fábrica para a produção de carros elétricos. Depois de modernizar as unidades de Zwickau, que produz o ID.3 e Emden, que produzirá o ID.4, a montadora alemã anunciou que está aproveitando o período de férias (versão no hemisfério norte), para transformar a fábrica de Hannover, Alemanha, para a montagem de veículos elétricos.

A marca alemã anunciou mais de 500 tarefas de modernização e manutenção para preparar a fábrica para a produção em série do novo Multivan (a combustão e híbrido) a partir de 2021, e também da versão final do ID. Buzz, a Kombi elétrica, que inclusive, está cotada para o Brasil.

Galeria: Volkswagen I.D. Buzz

Atualmente, a planta está produzindo T-6.1 reestilizado, que também possui versão elétrica, mas está disponível apenas para vendas corporativas, com opções de bateria de 38,8 kWh ou 77,6 kWh. A modernização levará um total de quatro semanas (a pausa de três semanas na produção e mais uma semana com um nível de produção reduzido).

Não sabemos muito sobre a versão de produção do ID Buzz, que foi revelado como conceito (versão de passageiros e de carga) mas tudo indica que se manterá fiel aos conceitos, já que a Volkswagen está se preparando para instalar uma nova seção de pintura bicolor para todos os três modelos (a família T, a nova Multivan e o ID. Buzz).

A Volkswagen lista várias modificações realizadas na fábrica:

  • Desmontagem de maquinários Amarok na carroceria, pintura e montagem. Partes da linha de produção do ID BUZZ está sendo instalada aqui para o futuro. A obra atinge no total uma área de cerca de 34.000 metros quadrados.
  • Construção e comissionamento de máquinas para a nova Multivan na oficina de carroceria, oficina de pintura e instalação de montagem de produção T.
  • Desmontagem de linha de prensas na antiga oficina de prensas: devido à utilização do PXL (iniciada em 2015) e a modernização da linha de prensas 100 (neste ano) uma linha de prensas antiga não está mais sendo usada e está sendo desativada. Como resultado da eliminação das antigas prensas e do aumento da eficiência energética das máquinas existentes na oficina de prensagem, o CO2 está sendo reduzido em cerca de 4.200 toneladas por ano.
  • Adaptação e alteração do equipamento de transporte dentro da oficina de pintura para integração da nova Multivan e na instalação de montagem como pré-requisito para integração do ID. Buzz.
  • Construção de uma nova instalação de pintura bicolor para os modelos atuais da família T, o novo Multivan e o ID. Buzz.
  • Existem algumas linhas de produção nas quais a partir de 2021 o T6.1 e seu sucessor (com motor de combustão interna e como híbrido) serão produzidos simultaneamente. Isso afeta em determinados processos na operação de montagem. Durante as férias de trabalho foram concluídos inúmeros projetos relacionados com a integração destes novos aspectos no processo de montagem de veículos.