SUV mais vendido da marca chega à 4ª geração com versões eletrificadas e muita tecnologia.

Depois de aparecer em uma série de teasers, o novo Hyundai Tucson 2021 finalmente é revelado de forma oficial. Esta é a quarta geração do SUV, que, com sete milhões de cópias vendidas desde seu lançamento em 2004, é o SUV mais vendido da marca e estreia com um novo e marcante design e incorporando importantes novidades na gama de motores, com opções híbridas até então inéditas para o modelo. 

Este novo Tucson, maior e mais largo do que o anterior, se destaca logo de cara pelo visual bem diferente e que rompe definitivamente com o modelo anterior. Segundo a Hyundai, seu design não é uma evolução, mas uma revolução. Ele segue a nova filosofia Sensuous Sportiness da marca e tem um visual muito mais futurista, inspirado no protótipo Vision T, mostrado no Salão de Los Angeles em 2019.

Galeria: Hyundai Tucson 2021

O modelo agora tem 4,5 metros de comprimento, 2 centímetros a mais que seu antecessor, além de 1,87 metros de largura (+15 mm) e 1,65 metros de altura (+5 mm). Além disso, a marca promete maior habitabilidade, além de um porta-malas de até 620 litros (os híbridos têm um pouco menos), que pode ser ampliado para 1.799 litros, com os bancos rebatidos.

Uma das características mais marcantes são os novos faróis 'paramétricos', que proporcionam um visual muito particular. Quando os faróis estão desligados, a frente do carro aparece coberta por padrões geométricos, e as luzes diurnas, embutidas na grade, ficam 'ocultas'. Quando ligados, a grade se transforma, com a aparência de uma joia.

Este padrão com formas geométricas, também percorre o resto da carroceria, que é bastante musculosa e esportiva na aparência. Na traseira encontramos, por exemplo, um logotipo tridimensional da Hyundai, montado no vidro, bem como limpadores traseiros que, pela primeira vez em um veículo da marca, ficam escondidos sob o aerofólio. 

A gama de cores da carroceria tem nove opções, todas com teto em contraste, e três delas novas (Shimmering Silver, Amazon Grey e Teal). As rodas de 17, 18 e 19 polegadas também estão disponíveis em uma nova variedade de designs.

Hyundai Tucson 2020
Hyundai Tucson 2020
Hyundai Tucson 2020

A cabine oferece estofamento em tecido ou couro em vários tons, mas o mais interessante é o visual, totalmente novo. A temática digital ocupa o centro das atenções, com tela multimídia de 10,25 polegadas, controles de toque para ar condicionado (três zonas) ou painel de instrumentos também com tela de 10,25 polegadas.

O volante, por exemplo, tem um design um tanto incomum, e a iluminação ambiente LED oferece até 64 tonalidades e 10 níveis de brilho. Também encontramos um equipamento de áudio Krell, bancos aquecidos e ventilados, uma base para carregamento sem fio de celulares ou várias portas USB, dianteiras e traseiras. O sistema multimídia Bluelink, compatível com Apple CarPlay e Android Auto, oferece novas funcionalidades e serviços conectados. 

Novo Hyundai Tucson 2021 - painel

Motorização híbrida

A Hyundai apostou sem medo na eletrificação do seu SUV mais vendido. O novo Tucson 2021 terá opções de trem de força híbrido leve, híbrido convencional e híbrido plug-in. 

O Tucson híbrido, baseado no motor  T-GDI de 1.6 litro a gasolina e turbo, trabalha em conjunto com uma unidade elétrica de 44,2 kW (60 cv), uma bateria de lítio de 1,49 kWh e uma transmissão automática de seis velocidades. Entrega 230 cv e 35,7 kgfm de torque e está disponível com tração dianteira ou integral.

Novo Hyundai Tucson 2021 - 3/4 traseira

Já a opção híbrida leve tem três variantes. Duas delas equipadas com o motor 1.6 TGDI Smartstreams, o primeiro com 150 cv e tração dianteira (com câmbio manual de seis velocidades iMT ou sete marchas com dupla embreagem automática), e o segundo com 180 cv e tração nas quatro rodas opcional (neste caso, com transmissão automática). Por último, há um turbodiesel 1.6 litro com 136 cv, câmbio de dupla embreagem 7DCT e tração nas quatro rodas opcional. 

No início de 2021, estarão disponíveis tanto as versões N-Line, com uma pegada mais esportiva, quanto o Hyundai Tucson PHEV, híbrido plug-in, baseado no motor 1.6 T-GDI a gasolina, embora a marca ainda não tenha liberado mais detalhes desta variante. 

Em termos de equipamentos, destacam-se os itens de segurança como sete airbags e uma infinidade de assistentes disponíveis, como de colisão frontal, a condução em rodovia, piloto automático inteligente, o alerta de ponto cego, o estacionamento remoto, o sistema de manutenção em faixa, alerta de tráfego traseiro ou assistência de farol alto, entre muitos outros. Além disso, o Tucson é oferecido com amortecedores adaptativos e convencionais.

O novo Hyundai Tucson 2021 começará a ser vendido no final do ano na Europa e na Coreia do Sul enquanto a versão híbrida plug-in (PHEV) chega ao mercado no início de 2021. A estreia no Brasil deve demorar um pouco mais, ficando para o segundo semestre do ano que vem - ainda não se sabe se virá importado ou produzido localmente pela CAOA-Hyundai na fábrica de Anápolis (GO). 

Fotos: divulgação