A Tesla ainda não informou quais atualizações foram feitas no veículo

Pouco tempo depois da Tesla melhorar o alcance dos seus veículos elétricos Model S, Model Y e Model 3, vários proprietários do Tesla Model X 2021 relataram que seu adesivo Monroney (uma etiqueta com vários dados sobre o veículo obrigatória nos Estados Unidos) mostrava uma autonomia de 597 km EPA, um aumento considerável sobre os 565 km anteriores.

Curiosamente, os dados atualizados do Model X ainda não constam no site oficial da EPA, a agência ambiental norte-americana, embora já apareçam no configurador oficial da Tesla, que atualizou o site poucos dias após os primeiros relatos de usuários com o modelo mais recente. Mas o fato é que são números respeitáveis, ainda mais por se tratar do maior veículo da montadora. 

Galeria: Tesla Model X

O adesivo também mostra que a melhor autonomia se deve a uma melhoria da eficiência, embora a Tesla não tenha divulgado quais mudanças foram feitas no SUV, que continua usando uma bateria de 100 kWh, para torná-lo mais eficiente. Poderíamos questionar a empresa sobre isso, mas a Tesla não conversa mais com a imprensa e há rumores de que ela tenha eliminado seu departamento de relações públicas para sempre.

Tesla Model X autonomia

A maior probabilidade é de que algumas das mudanças feitas no Model S para que pudesse atingir 647 km de autonomia teriam sido agora implementadas no Model X. Em tweets recentes, Elon Musk mencionou "muitas pequenas melhorias de hardware em todo o carro que foram introduzidas gradualmente nos últimos meses."

O CEO da Tesla também disse que melhores rodas e pneus tornariam possível o alcance de 643 km para o Model S. Isso seria parte da explicação pelas melhorias de autonomia para o Model X? Provavelmente só saberemos se um apoiador da Tesla perguntar a Musk no Twitter sobre isso.

Fonte: Fórum TMC via Electrek