Haverá três variantes - cabrio, hatchback e 3 + 1, disponíveis com baterias de 24 ou 42 kWh

Na semana passada a Fiat fez a apresentação oficial da gama completa do novo Fiat 500 elétrico. Depois da estreia do modelo Cabrio, a marca mostrou a versão tradicional (hatchback) e a inédita variante 3 portas. O carrinho urbano da Fiat terá preço inicial de 19.900 euros, que pode baixar para interessantes 15.900 euros (R$ 106.200) com o bônus em caso de demolição e estará disponível em três versões de acabamento: Action, Passion e Icon. 

No caso da realidade europeia, é um preço mais baixo que o cobrado pela versão Lounge do modelo a gasolina. E por lá estão disponíveis também linhas de crédito da própria Fiat, além das opções de leasing e compartilhamento. Todos os três tipos de carroceria serão oferecidos na versão totalmente elétrica e produzidos em até 80.000 unidades por ano. A fabricante italiana irá oferecer ainda duas versões de bateria.

Galeria: Fiat 500e

O belo carrinho urbano italiano - o primeiro elétrico a bateria projetado desde o início em uma plataforma totalmente nova da FCA - entrará no mercado europeu em breve (as entregas no Reino Unido começarão em março do ano que vem), e também chegará aqui no Brasil em algum momento de 2021. A versão básica está equipada com uma bateria de 23,8 kWh para até 180 km de alcance WLTP. Esta versão possui um motor elétrico de 70 kW, forte o suficiente para fazer 0-100 km/h em 9,5 segundos. Ele pode carregar até 50 kW DC (até 11 kW AC).

A versão com bateria de 42 kWh de maior capacidade tem autonomia WLTP de até 320 km. O motor elétrico de 87 kW pode fazer 0-100 km/h em 9,0 segundos. Ele também pode carregar um pouco mais rápido, em até 85 kW (0-80% SOC em 35 minutos).

Fiat 500 3 + 1 elétrico
Fiat 500 3 + 1 elétrico
Fiat 500e
Fiat 500e cabrio

Achamos que ambos os carros podem ter a mesma unidade de propulsão e sistema de carga, mas a versão com a bateria de menor capacidade é um tanto limitada nas especificações.Os preços da versão básica começarão na Itália a partir de € 25.900 (R$ 172.900), ou efetivamente € 19.900 (R$ 132.800), incluindo um incentivo de € 6.000 (R$ 40.000) de acordo com a Reuters. Para obter a versão superior, o preço subirá pelo menos cerca de € 3.800 (R$ 25.300), para € 29.700, ou € 23.700 (R$ 158.200) com os incentivos. 

Na versão de entrada Action, o Fiat 500 elétrico possui faróis halógenos, rodas de 15", bancos em tecido, suporte para conectar o celular ao sistema de som do veículo (não possui multimídia), freio de estacionamento elétrico e quadro de instrumentos digital. 

No entanto, em termos de assistência à condução, mesmo a versão básica é bem equipada e já conta com monitor de fadiga, frenagem de emergência com reconhecimento de pedestres e ciclistas, alerta de saída de faixa e reconhecimento de sinais de trânsito.

Fiat 500 elétrico (conversível)
Fiat 500 3 + 1 elétrico

* A Action é 23,8 kWh, Passion, Icon e La Prima têm 42 kWh.

Junto com os carros, a Fiat oferecerá acesso a cerca de 200 mil pontos de recarga na Europa, por meio de uma única conta e aplicativo para smartphone.

Especificações do Fiat 500 elétrico:

Versão com bateria de 42 kWh:

  • Autonomia
    WLTP: 320 km
    WLTP Cidade: 460 km
  • Bateria de 42 kWh
  • 0-50 km/h em 3,1 segundos
  • 0-100 km/h em 9,0 segundos
  • velocidade máxima de 150 km/h
  • tração dianteira
  • potência máxima do sistema de 87 kW e 22,4 kgfm
  • Carregamento CA (on-board): até 11 kW (trifásico)
  • Carregamento rápido DC: até 85 kW (0-80% em 35 minutos)

Versão com bateria de 23,8 kWh:

  • Autonomia
    WLTP: 180 km
    WLTP Cidade: 240 km
  • Bateria de 23,8 kWh
  • 0-100 km/h em 9,5 segundos
  • velocidade máxima de 135 km/h
  • tração dianteira
  • produção de pico do sistema de 70 kW
  • Carregamento CA (on-board): até 11 kW (trifásico)
  • Carregamento rápido DC: até 50 kW (10 minutos para reabastecer 50 km de alcance)

Galeria: Fiat 500 elétrico