A Lexus anunciou que em 30 de março revelará seu novo Concept Car, que simboliza a próxima geração da marca

A Lexus ainda está atrasada em termos de eletrificação em comparação com outras marcas, mas as ações recentes mostram que ela quer mudar este quadro. A marca premium anunciou que em 30 de março revelará seu novo Concept Car, que simboliza uma 'próxima geração de veículos'.

No entanto, o ponto principal do evento online será os detalhes dos "esforços de transformação da marca". Que tipo de transformação? - pode-se perguntar. Bem, assumimos que a marca japonesa esteja finalmente mudando o rumo em direção aos carros elétricos a bateria.

Galeria: Lexus - conceito de novo carro

A Lexus (divisão premium da Toyota) é conhecida por sua ampla implementação do trem de força híbrido e os carros a célula de combustível de hidrogênio estão basicamente onde estavam há anos, então a única coisa que faltava seria uma grande mudança para os carros elétricos a bateria. O SUV elétrico Lexus UX 300e foi apenas um pequeno e primeiro passo.

As imagens ainda não mostram muito, mas parece ser um modelo elegante e esportivo com a área frontal parecendo ser bem plana.

Recentemente, um executivo norte-americano da empresa falou sobre a questão da transição energética na Lexus:

Com o mercado de EV como está agora, há realmente um competidor lá fora que está absorvendo todas as oportunidades. Acredito que o mercado está crescendo e continuará a crescer, e que os VEs são a onda do futuro. Não sei com que rapidez chegaremos aos volumes que vão chamar a atenção da indústria de forma holística. Mas o que sei é que chegaremos.

Seria bastante interessante ver um Lexus elétrico com motor duplo, de tração nas quatro rodas, com ampla autonomia e ótimo desempenho.

A Toyota está finalmente pronta para oferecer veículos elétricos usando sua nova plataforma e-TNGA, portanto, realmente não há mais desculpas para a Lexus retardar a sua eletrificação.

A questão principal é se a Lexus deixará de lado o conceito de carros movidos a hidrogênio? Somente o tempo o dirá.

Siga o InsideEVs Brasil no Twitter

Siga o InsideEVs Brasil no Facebook

Siga o InsideEVs Brasil no Instagram