Parte desse plano tem intenção de elevar os incentivos do governo para carros elétricos para US$ 10.000

As ações da Tesla subiram com o recente anúncio de números de entrega melhores do que os esperados no primeiro trimestre, e poderia ficar ainda melhor para a montadora de veículos elétricos graças ao projeto de infraestrutura da administração Biden. Isso de acordo com uma matéria recente do Yahoo Finance. 

Parte do projeto de lei inclui planos para aumentar a adoção de carros elétricos, incluindo a expansão dos incentivos fiscais de veículos zero emissões para os consumidores. 

De acordo com a matéria, o analista de tecnologia da Wedbush Dan Ives "elevou sua classificação na última semana para Outperform com uma meta de preço de US$ 1.000. A meta de preço da caixa de alta de Ives é de US$ 1.300, refletindo otimismo sobre as ambições de VEs de Biden."

Galeria: Tesla Model Y 2020

Ives disse ao Yahoo Finance Live: 

"Estamos ouvindo de nossos contatos em Beltway que um crédito fiscal de US$ 7.500 poderia ser potencialmente de US$ 10.000 em termos de crédito e isso será um grande catalisador não apenas para a Tesla, mas para o ecossistema de veículos elétricos nos EUA"

Isso é algo grandioso. Aumentar o incentivo fiscal para elétricos dos atuais US$ 7.500 (R$ 42.600), para US$ 10.000 (R$ 56.800) seria um grande negócio para a adoção de carros elétricos. Como a Tesla e a General Motors ultrapassaram o limite de vendas de 200.000 veículos elétricos a bateria para incentivos fiscais federais, os consumidores não podem mais aproveitar o incentivo de US$ 7.500 para essas marcas. No entanto, eles poderiam retornar com a ajuda da administração Biden. 

Os planos recentemente anunciados pelo governo incluem gastar quase US$ 200 bilhões ao longo de oito anos na indústria de veículos elétricos. O plano quer expandir os incentivos fiscais aos consumidores e provavelmente incluirá a Tesla e a GM nesses incentivos. Isso não seria ótimo apenas para Tesla e GM, mas para todos os fabricantes de automóveis que produzem VEs. Esta também é uma notícia fantástica para os consumidores. Com muitos preços de carros elétricos caindo lentamente, um incentivo de US$ 10.000 permitiria que mais da população comprasse um. Lembre-se de que também existe o "Green Act" de Biden.

Um bom elétrico de longo alcance como o Chevrolet Bolt, que começa em cerca de US$ 36.000 (R$ 204.000), e um incentivo fiscal de US$ 10.000 tornaria esse preço muito mais atraente. Se você alugar um VE, o concessionário incluiria o incentivo fiscal no preço, reduzindo significativamente o pagamento mensal. Além disso, se a Tesla pudesse trazer seu carro elétrico de US$ 25.000 para os EUA com esses incentivos fiscais em jogo, seria mais acessível do que a maioria dos veículos com motor a combustão mais baratos do mercado.  

Siga o InsideEVs Brasil no Twitter

Siga o InsideEVs Brasil no Facebook

Siga o InsideEVs Brasil no Instagram

Galeria: Tesla Model X