Será produzido na Lituânia sob o nome FreZe Nikrob e custará menos de 10.000 euros

A primazia do Dacia Spring (Kwid elétrico) como o carro elétrico mais barato da Europa não poderia durar muito. Na verdade, o chamado Nikrob FreZe agora está vindo da Lituânia, que promete um preço ainda mais baixo. Claro, é um carro completamente diferente do 'mini-SUV' do grupo Renault, muito mais "estruturado". 

O FreZe é produzido pela fabricante de carrocerias Nikrob. Essencialmente, é uma versão rebatizada do Wuling Mini EV, um carro elétrico chinês produzido pela joint venture que envolve GM, SAIC e Wuling.

Galeria: Nikrob FreZe

Até 200 km de autonomia

É a própria empresa quem explica o que levou a empresa a experimentar um modelo de opostos (em termos de aparência e tamanho) em relação à produção normal da marca. "O mercado - disse um porta-voz à Autocar - está cheio de carros com emissão zero dos segmentos B e C, mas não há muita opção de carros compactos urbanos reais".

Comparado ao carro chinês, o FreZe Nikrob tem modificações nos faróis (faróis halógenos ainda são usados ​​na China) e possui um equipamento de segurança diferente, com ESP e airbags. De resto, as diferenças para o Wuling Mini EV são mínimas.

O carro estará disponível com duas baterias diferentes, 9,2 e 13,8 kWh e terá autonomia de até 200 km. O carrinho está equipado com um motor elétrico traseiro de 13 kW de potência (17,7 cv) e 8,7 kgfm de torque que permite chegar a 100 km/h, mas não foi divulgado em quanto tempo.

  • Bateria: 9,2 ou 13,8 kWh
  • Autonomia: até 200 km
  • Potência máxima: 17,7 cv
  • Torque máximo: 8,7 kgfm
  • Velocidade máxima: 100 km/h
  • 0-100 km/h: N/D
WuLing MINI EV

Preço atraente

A versão básica do FreZe Nikrob está disponível na Lituânia (onde acabou de ser colocado à venda) a um preço de 9.999 euros (R$ 67.000). Ele começa por cerca de 2.500 euros mais barato que o próprio Dacia Spring. Está disponível também na versão Luxo, que custa 14.999 euros (R$ 100.300) e que, para além da bateria maior, tem uma melhor insonorização, graças ao vidro mais espesso, aos revestimentos interiores veganos e alguns outros aprimoramentos.

O FreZe será usado principalmente para serviços de compartilhamento e entrega de carros, mas também será possível a compra por particulares. A montadora espera poder repetir o sucesso do seu irmão Wuling Mini EV que, graças a um preço super atrativo de cerca de 3.700 euros (R$ 24.700), tem sido o carro elétrico mais vendido do mundo desde o início de 2021 (superando o Tesla Model 3). No entanto, é necessário ver em quais mercados o carro estará oficialmente à venda.

Siga o InsideEVs Brasil no Twitter

Siga o InsideEVs Brasil no Facebook

Siga o InsideEVs Brasil no Instagram

Galeria: Wuling - Hong Guang MINI EV