Exibido no Salão de Xangai, o novo sedã elétrico nasceu na plataforma Porsche PPE: tem 476 cv e recarga a 270 kW

Este é o novo Audi A6 e-tron Concept, um conceito que antecipa o próximo sedã elétrico da Audi, em um movimento que fecha o primeiro ciclo das três grandes marcas premium alemãs, onde a BMW já revelou o seu sedã elétrico i4 e a Mercedes-Benz o estiloso EQS.

Enquanto a Mercedes já apresentou a versão de produção do seu carro elétrico topo de linha EQS, Ingolstadt por enquanto está limitada (por assim dizer) a revelar um conceito que abre caminho para um futuro sedã elétrico premium em todos os aspectos, embora na prática o A6 e-tron ele seja um concorrente direto para o próximo Mercedes EQE, o futuro irmão menor do EQS.

Galeria: Audi A6 e-tron Concept

Até 700 km de autonomia

O conceito Audi A6 e-tron foi apresentado no Salão de Xangai e trouxe várias novidades. Primeiro, a plataforma modular PPE, (Premium Platform Electric) que o grupo Volkswagen utilizará para os carros elétricos da Porsche (o primeiro será o Macan), Bentley e Audi topo de linha como este A6 e-tron.

A plataforma comporta uma bateria de 100 kWh com arquitetura elétrica de 800 volts que garante um alcance de cerca de 700 km e uma velocidade de carga DC de 270 kW, o que permite atingir 80% de carga em 25 minutos ou, olhando por outro lado, acrescentar 300 km de autonomia em 10 minutos.

A bateria alimenta dois motores elétricos dispostos um por eixo (como nos acostumamos a fazer nos carros elétricos): eles proporcionam tração nas quatro rodas motrizes sem a necessidade de peças de conexão mecânica entre os eixos dianteiro e traseiro. Eles entregam um total de 476 cv e 81,5 kgfm.

  • Bateria: 100 kWh
  • Carregamento: até 270 kW
  • Autonomia: 700 km
  • Potência máxima: 476 cv
  • Torque máximo: 81,5 kgfm
  • Eficiência na pintura
Audi A6 e-tron Concept - perfil

O A6 e-tron, que na verdade está um degrau abaixo do Mercedes EQS, tem 4,96 metros de comprimento (o rival tem 5,21) e uma linha extremamente aerodinâmica. Capô alto, teto arqueado e traseira recuada, quase como o do A7. Há retrovisores com câmeras, maçanetas rentes à carroceria: o resultado é um Cd quase quebrando o recorde de 0,22.

De um ponto de vista estético, o conceito A6 e-tron também pode ser reconhecido por seus faróis dianteiros com lâmpadas OLed e lanternas matriciais em LED. Um toque futurista são os micro-projetores (três de cada lado) colocados na lateral do carro que são usados para projetar várias mensagens de alerta no chão. Eles advertem, por exemplo, que a porta está prestes a abrir e isto é vantajoso tanto para a segurança de pedestres e ciclistas quanto para a preciosa pintura de proteção solar que melhora o isolamento térmico do compartimento de passageiros, melhorando a eficiência do sistema.

Falando em cockpit: a Audi não divulgou imagens que mostrem o interior e ainda não há informações detalhes. Certamente o A6 e-tron adotará o melhor que a marca dispõe em termos de  informação e entretenimento e assistência à condução. Também marcará presença o head-up diplay com a realidade aumentada já presente no Q4 e-tron. Agora, o conceito ficará exposto no Salão de Xangai, onde terá o primeiro contato com o público.

Siga o InsideEVs Brasil no Twitter

Siga o InsideEVs Brasil no Facebook

Siga o InsideEVs Brasil no Instagram