Primeiro caminhão elétrico totalmente projetado e desenvolvido no país já pode ser encomendado nas concessionárias

A Volkswagen Caminhões e Ônibus anunciou nesta terça-feira (13) de forma oficial o lançamento do Volkswagen e-Delivery no Brasil. Com início de produção em série há poucas semanas, o caminhão elétrico totalmente projetado e desenvolvimento no país teve todos os detalhes e especificações revelados e já está disponível em pré-venda nas concessionárias da marca.

Com proposta urbana, o e-Delivery totalmente movido a energia elétrica chega ao mercado nacional com um pacote inédito de consultoria e serviços que formam um ecossistema completo de mobilidade elétrica. Totalmente desenvolvidos no país, os modelos e-Delivery com 11 e 14 toneladas de peso bruto total são o resultado de R$ 150 milhões em investimentos.

"O futuro chegou. Mais do que vender produtos ou soluções em serviços, nosso propósito é unir o transporte de pessoas e bens ao uso de energias cada vez mais renováveis e limpas. É o que temos feito ao longo da nossa história de 40 anos, pesquisando diferentes matrizes energéticas, respeitando o meio ambiente e construindo um legado para a sociedade. E que agora culmina na chegada do e-Delivery", comemora Roberto Cortes, presidente e CEO da montadora.

Galeria: Volkswagen e-Delivery - lançamento

Os lançamentos VW e-Delivery 11 e 14 toneladas chegam às lojas da VWCO com exclusiva consultoria comercial, novos planos de manutenção Volks|Total e-Prev e e-Prime, além de uma estrutura de serviços e pós-vendas Volks|Care, pensados para assegurar a disponibilidade do veículo e reduzir seu custo operacional.

"E o mercado já corresponde à tanta inovação. Além do acordo já firmado com a Ambev, acabamos de fechar os primeiros negócios com outras grandes empresas no país. Coca-Cola FEMSA Brasil e JBS são as primeiras a adquirir os modelos elétricos Volkswagen em pleno lançamento comercial", reforça Cortes.

E a base de sustentação do e-Delivery é o chamado e-Consórcio, uma ampla parceria crada pela VWCO que envolve os processos desde a montagem até a infraestrutura de recarga e gerenciamento do ciclo de vida da bateria dos veículos, integrando toda a cadeia de fornecedores que inclui as principais empresas que trabalham com mobilidade elétrica no mundo (GDSolar, CATL, Moura, WEG, Bosch, Meritor, Semcon, Siemens, ABB e Eletra).

Volkswagen e-Delivery - lançamento (3)

VW e-Delivery 11 toneladas 4x2

- motor elétrico de 300 kW (408 cv) e 2.150 Nm (220 kgfm), suspensão pneumática de série, seis módulos de bateria (três módulos opcionalmente), peso bruto total de 10.700 kg; capacidade máxima de carga útil de 6.320 kg.

VW e-Delivery 14 toneladas 6x2

- motor elétrico de 300 kW (408 cv) e 2.150 Nm (220 kgfm), suspensão pneumática permite suspender um dos eixos, seis ou três módulos de bateria, peso bruto total de 14.300 kg, capacidade máxima de carga útil de 9.055 kg.

O sistema elétrico de 650 volts do caminhão é alimentado por baterias de lítio-ferro-fosfato (LFP) da chinesa CATL importadas e montadas pela Moura que garantem autonomia de até 250 km - o tempo para recarga completa é de 3 horas (carregamento lento) ou 30% de autonomia em 15 minutos (carga rápida) - o caminhão elétrico comporta até 150 kW de potência em corrente contínua.  

Após a apresentação do primeiro protótipo em 2017, o Volkswagen e-Delivery iniciou um intenso programa de testes com mais de 45.000 quilômetros rodados, que incluiu testes de rodagem em situações de uso real pelas ruas de São Paulo em parceria com a AmBev. A cervejaria também foi responsável pelo grande primeiro pedido do caminhão elétrico, com mais de 1.600 unidades a serem entregues até 2023, sendo as 100 primeiras até outubro deste ano. 

Siga o InsideEVs Brasil no Twitter

Siga o InsideEVs Brasil no Facebook

Siga o InsideEVs Brasil no Instagram