A aliança Renault-Nissan-Mitsubishi está reforçando a aposta no carro elétrico e faz o anúncio de 35 modelos elétricos inéditos até 2030. A partir do já definido esquema "Leader-Follower" com base no qual as tecnologias são desenvolvidas por uma equipe principal (líder) e depois adotadas pelo resto da aliança (seguidores), o grupo franco-japonês visa uma gama 80% baseada em plataformas comuns.

Para ser mais preciso, haverá cinco novas plataformas elétricas comuns, a serem desenvolvidas ao longo de cinco anos e com um investimento de 25 bilhões de euros. Ao mesmo tempo, é anunciado um fortalecimento da presença da Mitsubishi na Europa, começando com o novo ASX 2023 baseado em "best-sellers da Renault" não especificados que indicariam o futuro relacionamento com o Captur.

Cinco plataformas elétricas para 35 novos modelos

Detalhando um pouco mais este importante anúncio no caminho da eletrificação, vemos que as cinco plataformas elétricas já possuem um nome e um posicionamento claro do mercado para os modelos que ela servirá de base.

Renault Nissan Mitsubishi, roadmap Alliance 2030
Luca de Meo

Começa com a arquitetura CMF-AEV, definida como "a mais conveniente do mundo" e que já serve ao Dacia Spring (Kwid elétrico). Um passo adiante e destinado a carros pequenos e urbanos é a KEI-EV, seguida pela LCV-EV para veículos comerciais e multiusos como Renault Kangoo e Nissan TownStar.

Renault Nissan Mitsubishi, roadmap Alliance 2030
Makoto Uchida

Já é conhecida também a plataforma CMF-EV, que já deu vida ao Nissan Ariya e ao Renault Megane Electric (2021). Até 2030, a base CMF-EV dará origem a mais de 15 modelos elétricos e até 1,5 milhão de veículos produzidos a cada ano.

Renault Megane E-Tech Electric (2021)
Renault Megane E-Tech Electric
NIS_ARIYA_017 - Fonte
Nissan Ariya

Um papel fundamental também será desempenhado pela plataforma elétrica CMF-BEV que será lançada em 2024 e garantirá um alcance de até 400 km. Todos os anos, 250.000 carros serão produzidos nesta plataforma, sob as marcas Renault, Alpine, Dacia e Nissan.

Entre eles também estarão o Renault R5 elétrico e um novo compacto de emissão zero que tomará o lugar do Micra (Nissan March na Europa), projetado por Nissan e Renault para ser construído na fábrica ElectriCity, no norte da França. Do futuro Nissan Micra elétrico também foi revelado em um pequeno vídeo teaser do qual extraímos a foto que você vê na abertura da matéria e abaixo.

Renault Nissan Mitsubishi, roadmap Alliance 2030

Galeria: Foto - Renault Nissan Mitsubishi, roteiro 'Alliance 2030'